A historia de charles handy

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1338 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A história de Charles Handy



Nascido em 1932, é um autor e filósofo, especialista em behaviourismo organizacional e gestão. Filho de um irlandês protestante e licenciado por Oxford, Charles Handy trabalhou na Shell International, na Malásia, e como economista na City de Londres. Após esta primeira experiência, resolveu fazer o MBA do MIT. Voltou então para Londres para coordenar a LondonBusiness School, onde ainda hoje é professor convidado. Apelidado o filósofo da gestão, Handy fala da emergência de uma nova era marcada pela irracionalidade, paradoxos e incertezas, os títulos dos seus últimos três livros

Para Handy, as organizações do futuro serão as “três Is” – Informação, Inteligência e Idéias. Nessas organizações, são grandes as exigências relacionadas à gestão das pessoas -“A organização sábia já se encontra consciente de que seu pessoal sagaz não pode ser facilmente definido como trabalhadores ou gerentes, mas como indivíduos, especialistas, profissionais liberais, executivos ou líderes, e que essas pessoas e a própria organização também precisam ter uma obsessão pela busca do aprendizado se quiserem acompanhar o ritmo da mudança”.
Para ele, as empresas podembuscar algo mais que lucro e se tornarem mais que propriedades que podem ser compradas e vendidas.
No livro “Os Deuses da Gestão”, o irlandês Charles Handy identifica quatro diferentes culturas de gestão, que ele relacionou a quatro deuses gregos: Apolo, Atena, Dionísio e Zeus. Ele criou conceitos como o de “organização em trevo”, no qual divide a empresa em gestores, especialistas e mão-de-obracada vez mais flexível.
Handy teve um papel fundamental na formação do ensino de administração na Grã-Bretanha, ajudando a criar a London Business School, especialmente os programas de MBA, com os quais havia tido contato nos tempos em que esteve no MIT, nos EUA.








Charles Handy (nascido em 1932) é um autor irlandês / filósofo especializado em
comportamento organizacional e gestão.Entre as idéias que ele tem avançado são o "trabalhador de carteira" e "Organização do trevo" (em que os trabalhadores do núcleo profissionais, trabalhadores autônomos e trabalhadores de rotina part-time/temporary cada formulário uma folha do "trevo"). Nasceu o filho de uma Igreja de arquidiácono Irlanda em Kildare, na Irlanda, Handy foi educado como um pensionista em Bromsgrove Escola e FaculdadeOriel, em Oxford. Em julho de 2006 ele foi conferido um doutor honoris causa em Direito pela Trinity College, Dublin. Ele foi classificado entre os 50 pensadores mais influentes pensadores de gestão de vida. Em 2001, ele ficou em segundo lugar nesta lista, atrás de Peter Drucker, e em 2005 ele foi décimo. Carreira Handy negócio começou em marketing da Shell International. Ele foi co-fundador daLondon Business School em 1967 e deixou Shell para ensinar lá em 1972. Quando a Harvard Business Review teve uma edição especial para marcar seu 50 º aniversário pediram Handy, Peter Drucker e Henry Mintzberg para escrever artigos especiais

O Meu Eu - E outros temas importantes

Este é o mais recente livro daquele que é conhecido como o "Filósofo da Gestão". Desta vez, Charles Handy nos conduzatravés de sua vida pessoal, desde os tempos em que foi gestor da Shell no Sudeste Asiático, até se tornar escritor e conceituado "guru da Gestão". Seu relato nos mostra o que fez de bom -- e o que não deveria ter feito -- para chegar aonde chegou.
Considerado um dos visionários de tendências da Gestão de maior credibilidade mundial, neste livro ele utiliza a própria biografia para trazer à luzconceitos e comportamentos que permeiam a vida de um gestor de sucesso.
Mescla de memórias e busca do sentido da vida, o autor divide conosco as experiências e os ensinamentos que nos permitem olhar de outra forma para pessoas e organizações. Uma luz para todos aqueles que buscam valores, coerência e sucesso na carreira.


As metáforas de Charles Handy, como 'profissional do portfólio', 'o...
tracking img