Psicologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (251 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Instituto Federal de Educação Ciências e Tecnologia
Maiara de Souza Fernandes

Psicologia da Educação II

Outubro, 2011

Instituto Federal de Educação Ciências eTecnologia

Maiara de Souza Fernandes

Trabalho solicitado pela professora Delza Cristina, referente a disciplina de Psicologia da Educação II, aos alunos do Curso deLicenciatura em Física do IV período.

Outubro, 2011

Conhecimento prévio

Dependendo da qualidade das interações de cada sujeito com o meio, as estruturas mentais, condiçõesprévias para o aprendizado, vão se tornando mais complexas até o fim da vida. Por exemplo, quando uma criança tem uma boa interação com o ambiente, ou seja, adquirem variadasexperiências, essa criança acaba tendo mais condições previas de aprendizados para as determinadas atividades das quais já possuem experiências.
Fernando Becker reforça o quantosão necessárias experiências anteriores para que os novos conhecimentos sejam fixados com êxito, quando diz que “para aprender algo são necessárias estruturas mentais que dêemconta de novas complexidades e também conteúdos anteriores que ajudam a assimilar saberes.”
Muitos professores diagnosticam o conhecimento prévio dos alunos, porém de formaequivocada, enquanto conversam com as crianças para tal diagnóstico, “poderiam colocá-las em situações problemas, desafios que a obrigassem a mobilizar o conhecimento quepossuem para resolver determinada tarefa,” diz Regina Scarpa.
Também é relevante diferenciar conhecimento prévio e pré-requisito. O conhecimento prévio está relacionado aosconteúdos que já existem e que servirão para completar os novos conhecimentos. Já os pré-requisitos são habilidades nas quais não seria possível digamos que “amarrar” o conteúdo.
tracking img