Psicologia do desenvolvimento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2683 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Psicologia do Desenvolvimento IV


















SUMÁRIO
1- INTRODUÇÃO................................................................................ 01
2- ENTREVISTA................................................................................. 02 á 04
3- DESENVOLVIMENTO.................................................................... 05 á 08
4- CONSIDERAÇÕESFINAIS............................................................ 09 á 11
5- REFERÊNCIAS.................................................................................12 e 13
6- ANEXOS (termo de consentimento livre e esclarecido)














1- Introdução

O presente trabalho tem como tema principal o desenvolvimento na 3ºidade e a forma como se apresenta, como ferramentautilizamos uma entrevista semi-dirigida e pesquisa bibliográfica sobre o tema tendo como objetivo fazer uma análise comparativa.















01

2- Entrevista

Nome: Inácio Ferreira da Silva
Data de nascimento: 01/02/1936 Idade: 76 anos
Sexo:Masculino Escolaridade: SuperiorEstadocivil:Viúvo Religião: Católica
Profissão:Contador Atualmente aposentado
Com quem reside: Instituição asilar (Lar Madre Regina)
Doenças referidas: não


1- Houve algo em sua vida que o Sr. considera marcante? O quê? Por que motivos?
R: O nascimento da minhafilha,foi muito especial para mim...ela está com 42 anos agora.
2- O senhor imagina que este fato poderia ter sido diferente?Se sim,o que teria mudado?Se não,por que?
R: Não teria como ter sido diferente.
3- Como o senhor considera considera seu estado de saúde atual?como o senhor imagina sua saúde no futuro?
R: Eu considero boa,exceto o joelho que as vezes fica um pouco ruim devido aos esportes quejá pratiquei,imagino boa porque cuido da saude,faço exercícios.

02
4- O senhor já pensou em morte?Se sim o que sentiu?Se não,porque e o que sente falando sobre o assunto?
R: Já pensei sim acho que é uma coisa natural todos iremos morrer,só não me sinto bem com a falta de respeito,como fazem com as pessoas que não tem mais como se cuidar sozinhas(aponta para os outros idosos que estão na cadeirade rodas),acho que falta amor.
5- Com que frequência o senhor pensa na morte?em que momentos surgem estes pensamentos?
R: Não costumo ficar pensando muito nisso.
6- O senhor possui amigos?Está satisfeito com suas amizades?
R: Sim,mas aqui tenho dois amigos que converso mais porque aqui não tem muita opção,muitos idosos já estão com demência e não tem como manter uma conversa longa,eles nãoentendem.
7- O senhor possui relacionamento afetivo?está satisfeito?
R: Sou viúvo,aqui tem uma senhora que eu gosto muito chamada aparecida,conversamos bastante mas não dá mais,na minha idade e aqui não dá.
8- O que o senhor acha que as pessoas pensam sobre os idosos?
R: Eu acho que elas tem muito preconceito,eu mesmo não devia estar aqui,eu gosto de trabalhar,sou contador...isso foi um caprichoda minha filha e mais ainda do marido dela,eu vivia na minha casa tinha uma pessoa que cuidava da casa 3 vezes por semana,sou aposentado mas ainda exercia a função por fora.Quando fiquei com a perna ruim por uns tempos minha filha me mandou pra cá,mas eu vou falar com ela,tenho que voltar essa não será a minha última morada.
9- Descreva um dia em sua rotina.
R: Eu acordo tomo café e vou andarpelos jardins dou três voltas,as vezes mais...eu gosto de andar,me exercitar e também leio bastante,tudo que aparece aqui de jornal,revista,livros eu leio.
10- O que o senhor faz que mais lhe dá prazer?Com que frequência o faz?
R: Eu leio e converso,todos os dias.

03
11- Se o senhor pudesse mudar algo em sua vida hoje,O que seria?Por que?
R: Eu não estaria aqui,estaria na minha casa....
tracking img