Proposta de gerenciamento de riscos simplificado para empresas de construção civil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 24 (5826 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A integração de cadeias produtivas com a abordagem da manufatura sustentável.

XXVIII ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO
Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 13 a 16 de outubro de 2008

PROPOSTA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS SIMPLIFICADO PARA EMPRESAS DE CONSTRUÇÃO CIVIL
Jônatas Araújo de Almeida (UFPE) jonatasaa@hotmail.com Caroline Maria de Miranda Mota (UFPE) carolmm@ufpe.br

Nestetrabalho será apresentada uma proposta de gerenciamento de riscos simplificada, com o objetivo de auxiliar as empresas da construção civil, que em geral possuem uma baixa maturidade de gerenciamento de riscos. A metodologia foi destinnada principalmente à análise de riscos e sua aplicação foi estudada por meio de um estudo de caso em um projeto de construção de um edifício. Palavras-chaves: Gestão deProjetos, gerenciamento de riscos, construção civil.

A integração de cadeias produtivas com a abordagem da manufatura sustentável.

XXVIII ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO
Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 13 a 16 de outubro de 2008

1 – Introdução O aumento da competitividade tem induzido as empresas a investir cada vez mais em técnicas que aumentem sua produtividade, que as façamcometerem menos erros, que ofereçam produtos de melhor qualidade e tudo isto a um custo controlado. Devido a isto, o gerenciamento de projetos tem evoluído nos últimos anos. Com este crescimento, várias instituições têm surgido com o intuito de dar suporte à aplicação destas técnicas em diversas áreas em que podem ser aplicadas. Entre estas instituições está o PMI (Project Management Institute), queajuda a formar e dar suporte aos profissionais e empresas que utilizam as técnicas de gestão de projetos. Dentro do gerenciamento de projetos existem várias áreas de conhecimento, entre elas está o gerenciamento de riscos, que atua em conjunto com todas as outras áreas e permite que as empresas possuam uma melhor visão das incertezas. Riscos sempre haverão, pois o futuro sempre será incerto, porémem alguma áreas, como a construção civil no Brasil, o gerenciamento de riscos não é bem aplicado, sendo freqüentemente ignorado devido a falta de conhecimento ou até mesmo a descrença em controlar o risco. Isto faz com que o gerenciamento de riscos não se desenvolva e que as empresas continuem a mercê do incerto. O gerenciamento de riscos, para ser realizado com máxima eficiência, deve utilizartécnicas que são bastante complexas. Porém o baixo grau de maturidade das construtoras impede a utilização destas técnicas. Este trabalho tem como objetivo desenvolver uma metodologia de gerenciamento de riscos simplificada e mais adequada para ser introduzida no gerenciamento destas empresas, contribuindo para a criação de um interesse nesta área e consequentemente evoluindo gradativamente amaturidade do gerenciamento de riscos nas construtoras. 2 - Gerenciamento de projetos Projeto, segundo Simister (2004), é um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo. Difere dos trabalhos operacionais pelo seu caráter temporário (sendo definido seu início e fim), seu objetivo que é a criação de algo novo e a ausência de operações repetitivas comuns aostrabalhos operacionais. O Project Management Institute (2004) também dá uma definição ao gerenciamento de projetos, sendo ela a aplicação conhecimentos, habilidades, técnicas e ferramentas às atividades do projeto a fim de atender seus requisitos. O gerenciamento de projetos é aplicado através de processos que podem ser divididos cronologicamente em cinco etapas: iniciação, planejamento, execução,controle e finalização. Estes processos também podem ser divididos em nove grupos de acordo com a área de atuação, estas áreas são: integração, escopo, tempo, custo qualidade, risco, aquisições, recursos humanos e comunicações. A área a qual será dada mais ênfase é a de gerenciamento dos riscos de um projeto. Porém os riscos não podem ser vistos de forma isolada. Segundo Palomo (2007), a importância...
tracking img