Projeto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1560 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Identificação do Projeto

1.Instituições:Escolas do núcleo 05

2. Tema:
LEITURA: UMA PORTA PARA O MUNDO

3.CLIENTELA:

• Alunos do Ensino Fundamental I – 1º ao 5º ano.
• Professores;
• Direção, coordenação e funcionários da escola.
• Comunidade local.

5.PERÍODO:

Durante o ano de 2010

6.CULMINÂNCIA:

• No final de cada unidade do ano de 2010

7.COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA EDIREÇÃO:

MARILÂNDIA TELES BRITO CLAUDENY ALMEIDA


AMARGOSA - BA
2010

8.JUSTIFICATIVA

Todo ano, em reuniões e através dos resultados observa-se que os alunos não tem o habito da leitura E a todo o momento, ouve-se de professores que os alunos não lêem ou lêem mal e conseqüentemente não escrevem bem. Isto constata que nossos alunos precisam deuma formação mais objetiva no trabalho com a leitura, muitos deles vem carregando o peso do fracasso desde o inicio da escolaridade, pois vem de famílias que não tem acesso à leitura e á escrita e mal atendida pelo sistema de ensino, acabam permanecendo nessa situação de exclusão.Com toda dificuldade enfrentada por parte do aluno, comprova-se que criar o habito pela leitura não é fácil. Mas, sabe-seque é possível formar leitores e que a escola tem esse poder. E, para fazer com que os alunos adquiram esse nível é necessário um prolongado convívio com textos, uma verdadeira imersão na leitura. Assim, é mais que provado que quando falta leitura, escrever é difícil. Faze-se necessário então, trabalhar não apenas “leitura”, mas todas as leituras que se apresentam no nosso dia-a-dia, como: textospara buscar informações práticas, satisfazer curiosidades, informar-se sobre o que acontece no mundo, divertir-se, aprender, relacionar-se com as pessoas e fazer amigos. Pois, todo texto precisa ter uma função social, ou seja, ser escrito com alguma finalidade. E, se essas oportunidades não existem, é possível inventa-las. Como afirma Márcia Fortunato:” O educador pode e deve criar condições paraproduzir textos dentro de sua área de atuação.”
E, nesse sentido, Laiola diz que:
“Ler não é decifrar, como um jogo de adivinhações, o sentido do texto. E, a partir do texto ,ser capaz de atribuir-lhe significado, conseguir relaciona-lo a todos os outros textos significativos para cada um,reconhecer nele o tipo de leitura que seu autor pretendia e, dono da própria vontade, entregar-se a estaleitura, ou revelar-se contra ela, propondo outra não vista.” (Laiola, 1992)
Dessa forma, entende-se que a leitura permite ao indíviduo conhecer o mundo, conhecer-se para a partir daí adentrar-se na compreensão do texto.
Vale ressaltar, que se trabalhando com texto de forma assídua, a gramáticada língua é incorporada pelo leitor, assim não quer dizer que a parte gramatical será abandonada, mas sim, se o aluno sabe ler e escrever, os conceitos gramáticos serão adquiridos despercebidamente pelo leitor.
E, pensando em preparar o cidadão para as exigências da sociedade, a qual demanda gente capaz de usar a escrita para construir conhecimentos e se expressar de forma melhor como tambémmelhorar o desempenho dos alunos do ensino fundamental I, é que a equipe do núcleo 05 propõe o presente projeto que pretende envolver toda a comunidade escolar e, em especial os alunos, oportunizando a clientela desse núcleo a serem leitores e escritores ativos e reflexivos. Nesse sentido, Solé diz que “o leitor ativo é aquele que processa e atribui significado àquilo que lê”.
E, por acreditar queler é o único jeito de se comunicar de igual para igual com o restante da humanidade e que talvez ensinar a ler e escrever sejam as coisas mais importantes que a escola tenha que ensinar é que propomos trabalhar coletivamente e acreditamos que todos vão abraçar essa idéia.

3. OBJETIVO GERAL:
• Oportunizar aos alunos do ensino fundamental o acesso constante ao mundo da leitura e da escrita,...
tracking img