Prioridade a vida

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1657 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sistema de Ensino Presencial Conectado
Recursos humanos

Sistema de Ensino Presencial Conectado
Recursos humanos

Prioridade á vida
Segurança é a alma do negócio

Prioridade á vida
Segurança é a alma do negócio

Porto- velho
2011

Porto- velho
2011

Prioridade á vida
Segurança é a alma do negócio

Prioridade á vida
Segurança é a alma do negócio

Trabalho apresentado aoCurso Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos) da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para as disciplinas:-Qualidade de vida e Segurança no Trabalho-Gestão do conhecimento e Educação Corporativa-Dinamicas,técnicas e jogos Vivenciais-Treinamento e Desenvolvimento

Prof. Henry Tetsuji Nonaka
Prof. Fábio Henrique Ribeiro
Profª. Marilúcia Ricieri
Profª. Thais Accioly BaccaroPorto Velho
2011

Trabalho apresentado ao Curso Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos) da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para as disciplinas:-Qualidade de vida e Segurança no Trabalho-Gestão do conhecimento e Educação Corporativa-Dinamicas,técnicas e jogos Vivenciais-Treinamento eDesenvolvimento

Prof. Henry Tetsuji Nonaka
Prof. Fábio Henrique Ribeiro
Profª. Marilúcia Ricieri
Profª. Thais Accioly Baccaro

Porto Velho
2011

Porto Velho
2011

SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO
2. DESENVOLVIMENTO
2.1 QUALIDADE DE VIDA E SEGURANÇA NO TRABALHO
2.1.1 O QUEACONTECEU?

2.2. GESTÃO DE CONHECIMENTO E EDUCAÇÃO CORPORATIVA
2.2.1 POR QUÊ?

2.3. DINAMICAS, TÉCNICAS E JOGOS VIVENCIAIS
2.3.1 O QUE FAZER?


2.4.1 TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO
2.4.1NECESSIDADE POR SEGURANÇA

3. CONCLUSÃO

4. REFERENCIAS

INTRODUÇÃO
A segurança do trabalho é entendida como o conjunto de medidas adotadas visando minimizar os acidentes detrabalho, doenças ocupacionais, bem como proteger a integridade e a capacidade de trabalho do empregado.
Ao investir em segurança do trabalho, uma empresa, além de cumprir a legislação trabalhista executando os programas de segurança exigidos por lei, desperta em seus funcionários o "espírito prevencionista", isto é, mantém alerta, de forma espontânea, quanto aos riscos deacidentes, zelando e respeitando as normas de segurança, como por exemplo: usando adequadamente os Equipamentos de Proteção Individual (EPI).
O que veremos a seguir são algumas medidas que deveriam ser tomadas para que não houvessem ocorrido três óbitos dos trabalhadores que ali estavam naquele tanque onde expiraram gás sulfídrico, naquela empresa onde sua principal atividade era orefino de óleos vegetais.
Muitas empresas ainda por falta de preparo colocam á vida de trabalhadores em risco, ao invés de se planejarem estrategicamente antes de serem inseridos no mercado de trabalho.
Tendo em vista que a qualidade de vida e segurança no trabalho; a gestão de conhecimento e educação corporativa; dinâmicas técnicas e jogos vivenciam; treinamento edesenvolvimento, são primordiais as organizações.

* 2. DESENVOLVIMENTO

2.1 Qualidade de Vida e Segurança no trabalho
2.1.1 Que Aconteceu?
Primeiramente, não houve planejamento; a organização deve estabelecer e manter procedimentos para identificação dos perigos e avaliação dos riscos, bem como estabelecer de forma sistemática as medidas de prevenção e controle. De acordo comChiavenato (2004), segurança do trabalho é o conjunto de medidas técnicas, educacionais, médicas e psicológicas utilizadas para prevenir acidentes, quer eliminando as condições inseguras do ambiente quer instruindo ou convencendo as pessoas da implantação de práticas preventivas.
Ainda de acordo com o autor, segurança do trabalho está relacionada com condições de trabalho seguras e saudáveis para as...
tracking img