Potenciometria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 24 (5912 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
12/09/2011

Universidade Federal da Paraíba Departamento de Química Disciplina: Métodos Eletroanalíticos Prof.: Sherlan Lemos

Aula 2

POTENCIOMETRIA

Sumário
 

Eletrodos de referência Eletrodos indicadores metálicos


1ª, 2ª, 3ª classe e inertes



Eletrodos de membrana
Eletrodo de vidro  Eletrodos de membrana cristalina  Eletrodos de membrana líquida


   Eletrodos sensíveis a gases Biosensores Potenciometria direta Titulações potenciométricas

1

12/09/2011

Potenciometria - características
Os métodos potenciométricos envolvem medidas do potencial elétrico de células galvânicas. A análise potenciométrica engloba duas técnicas analíticas:  a potenciometria direta;  a titulação potenciométrica Na potenciometria direta é determinada aatividade de uma dada espécie iônica a partir da medida da f.e.m. de uma cela galvânica que contém um eletrodo indicador ou eletrodo de trabalho (normalmente um eletrodo seletivo) e um eletrodo de referência. Na titulação potenciométrica mede-se a variação do potencial do eletrodo indicador em relação ao eletrodo de referência em função do volume do titulante adicionado na solução.

Potenciometria -instrumentação
equipamento requerido para os métodos potenciométricos é simples e barato. Em geral, a potenciometria necessita:  um eletrodo de referência;  um eletrodo indicador ou de trabalho e  um dispositivo para medir os potenciais, ou seja, um potenciômetro. As características destes dispositivos são discutidos em detalhes a seguir. O

2

12/09/2011

Eletrodos de ReferênciaEletrodo de calomelano Eletrodo de Ag/AgCl

Eletrodos de Referência
São eletrodos cujo potencial não deve variar durante as medidas, ou seja, eles devem apresentar um potencial constante e completamente insensível a composição da solução em estudo. Os eletrodos de referência devem: 1. Ser reversíveis e obedecer a equação de Nernst; 2. Exibir um potencial constante com o tempo; 3. Retornar ao seupotencial original após ser submetido a pequenas correntes; 4. Exibir pequena histerese com o ciclo de temperatura.

3

12/09/2011

Eletrodos de Referência
Eletrodo Padrão de Hidrogênio  Eletrodo fundamental (referência primária)  Dificuldades práticas na sua construção e manuseio  Substituição por eletrodos de referência secundários

Eletrodos de Referência
Eletrodo de calomelanosaturado


É formado de dois tubos concêntricos: um interno contendo mercúrio em contato com uma pasta de calomelano (Hg/Hg2Cl2) e o externo contendo uma solução saturada de KCl que é responsável pela ponte salina. Os componentes do tubo interno e do tubo externo estão em contato entre si, através de um pequeno orifício existente no tubo interno. A comunicação elétrica do mercúrio com o caboelétrico externo é feita com um fio de platina. O eletrodo de calomelano saturado dispõe de uma abertura lateral que permite repor, sempre que necessário, a solução de cloreto de potássio saturada.





4

12/09/2011

Eletrodos de Referência
Eletrodo de calomelano saturado com junção
Nestes eletrodos o contato com o meio externo (a junção) é feito através de um disco de vidro calcinado,asbesto ou uma fibra polimérica porosa.  apresenta uma alta resistência (2000 a 3000Ω) e uma limitada capacidade de transporte de corrente.  por outro lado, a contaminação da solução do analito por vazamento da solução de cloreto de potássio é mínima.

Eletrodos de Referência
Eletrodo de calomelano saturado sem junção (com luva)
Nestes o contato é feito usando uma luva de vidro esmerilhada, quecontém internamente um orifício para permitir o contato com o meio externo.


antes de usar este eletrodo, a luva deve ser deslizada tal que uma ou duas gotas de KCl flua do orifício e umedeça a superfície interna esmerilhada da luva. esta junção tem baixa resistência, mas tende a vazar pequenas quantidades da solução saturada de cloreto de potássio na amostra. este último eletrodo é...
tracking img