Pnae

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4839 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Instruções para a realização da prova
Leia com muita atenção

1 Esta prova contém 60 questões e tem duração de 4 horas.

2 Todos os espaços em branco podem ser utilizados para rascunho.

3 Para cada questão, existe somente uma alternativa correta.
Assinale, na folha intermediária, a alternativa que você julgar correta.

4 Assinale a resposta com um traço bem forte, usando lápis nº2.
O traço deve ocupar toda a largura do retângulo.
Se errar, apague cuidadosamente, sem deixar marcas de lápis.
Exemplo de preenchimento
[pic]

5 Não deixe nenhuma questão em branco.
Assinale apenas uma alternativa para cada questão.
Será anulada a questão em que for assinalada mais de uma alternativa.

6 Não esqueça nem amasse a folha de respostas.
Nãoassinale resposta com “x”, o que invalida a questão.
Não use caneta, em hipótese alguma, ao assinalar as respostas.
Não ultrapasse o retângulo ao assinalar as respostas.

7 Não haverá tempo suplementar para marcar as respostas.
Ao terminar, você poderá levar consigo o caderno de questões.

8 Antes de iniciar a resolução da prova, verifique se este caderno contém 60questões.
Caso contrário, reclame ao fiscal da sala um outro caderno completo.

9 Boa prova!

[pic]

As fábulas são pequenas narrativas que normalmente apresentam animais como personagens. Leia atentamente as duas fábulas a seguir, a primeira de Esopo e a segunda de Millôr Fernandes, e responda às questões de 1 a 6.

Texto 1

A raposa e as uvas
Uma raposa estava com muita fome. Foiquando viu uma parreira cheia de lindos cachos de uva. Imediatamente começou a dar pulos para ver se pegava as uvas. Mas a latada era muito alta e, por mais que pulasse, a raposa não as alcançava.
– Estão verdes – disse, com ar de desprezo.
E já ia seguindo o seu caminho, quando ouviu um pequeno ruído.
Pensando que era uma uva caindo, deu um pulo para abocanhá-la. Era apenas uma folha e araposa foi-se embora, olhando disfarçadamente para os lados. Precisava ter certeza de que ninguém percebera que queria as uvas.
Também é assim com as pessoas: quando não podem ter o que desejam, fingem que não o desejam.
(12 fábulas de Esopo. Trad. por Fernanda Lopes de Almeida. São Paulo: Ática, 1994.)
Vocabulário
latada: grade de varas para sustentar a parreira.

Texto 2

A raposa e asuvas
De repente a raposa, esfomeada e gulosa, fome de quatro dias e gula de todos os tempos, saiu do areal do deserto e caiu na sombra deliciosa do parreiral que descia por um precipício a perder de vista. Olhou e viu, além de tudo, à altura de um salto, cachos de uva maravilhosos, uvas grandes, tentadoras. Armou o salto, retesou o corpo, saltou, o focinho passou a um palmo das uvas.
Caiu,tentou de novo, não conseguiu. Descansou, encolheu mais o corpo, deu tudo o que tinha, não conseguiu nem roçar as uvas gordas e redondas. Desistiu, dizendo entre dentes, com raiva: “Ah, também não tem importância. Estão muito verdes”. E foi descendo, com cuidado, quando viu à sua frente uma pedra enorme. Com esforço empurrou a pedra até o local em que estavam os cachos de uva, trepou na pedra,perigosamente, pois o terreno era irregular, e havia o risco de despencar, esticou a pata e…conseguiu! Com avidez, colocou na boca quase o cacho inteiro. E cuspiu. Realmente as uvas estavam muito verdes!
Moral: a frustração é uma forma de julgamento como qualquer outra.
(FERNANDES, Millôr. Fábulas fabulosas. Rio de Janeiro: Nórdica, 1991. p. 118.)


Vocabulário
areal: terreno de areia.
avidez:desejo, ansiedade.
retesar: tornar tenso, esticar.
roçar: tocar de leve.

1- Na fábula do texto 1, de Esopo, a raposa vê “lindos cachos de uva”. Se os cachos eram lindos, por que, então, a raposa diz que as uvas estavam verdes?
a) Porque a raposa não estava com fome.
b) Pois as uvas ainda não estavam boas para serem comidas.
c) Pois, apesar de estar com fome, a raposa percebeu que as...
tracking img