Plano anual de marketing

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 30 (7263 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA

Estratégia é definida como um plano amplo e genérico desenvolvido para conduzir a organização ao alcance de seus objetivos a longo prazo. É definida no nível institucional com diferentes graus de participação dos níveis inferiores na sua elaboração e formulação. Representa o comportamento global e molar da organização. Ela é eminentemente sistêmica e envolve atotalidade da organização. Quanto à dimensão de espaço, a estratégia é ampla e envolvente.
A estratégia está para o futuro da organização e representa o comportamento da organização em seu meio ambiente.
Significa, portanto, a administração voltada para objetivos globais da organização situados a longo prazo e representa a articulação do todo organizacional

FORMULAÇÃO DA ESTRATÉGIA ORGANIZACIONALANÁLISE AMBIENTAL
A análise ambiental refere-se ao exame das condições e variáveis ambientais, suas perspectivas atuais e futuras, as coações e restrições, os desafios e contingências, as oportunidades e brechas no contexto ambiental que envolve a organização. Significa o mapeamento do macroambiente e do ambiente de tarefa.

ANÁLISE ORGANIZACIONAL
A análise organizacional refere-se ao exame dascondições atuais e futuras da organização, seus recursos disponíveis e necessários (incluindo tecnologia), potencialidades e habilidades, forças e fraquezas, estrutura organizacional, capacidades e competências. Leva em conta o que a organização produz, como ela produz, com o que ela produz, buscando a localização dos fatores críticos de sucesso da organização.

MODELO DE ANÁLISE DA INDÚSTRIADE PORTER
A abordagem de formulação estratégica mais conhecida é o modelo desenvolvido por Porter, um especialista em administração estratégica. O modelo delineia as forças primárias que determinam a competitividade dentro de uma indústria e ilustra como as forças estão relacionadas entre si. O modelo de Porter sugere que, para desenvolver estratégias organizacionais eficazes, o administrador devecompreender e reagir àquelas forças dentro de uma indústria a fim de determinar o nível de competitividade de uma organização. O termo mercado refere-se aos clientes e consumidores, enquanto o termo indústria refere-se ao mercado de concorrentes.
De acordo com o modelo, a competitividade na indústria é determinada pelos seguintes fatores:
os novos entrantes ou novas empresas dentro daindústria;
produtos que podem atuar como substitutos de bens ou serviços que as companhias produzem dentro da indústria;
a capacidade dos fornecedores de controlar itens como custos de materiais que as companhias da indústria utilizam para manufaturar seus produtos;
o poder de negociação que os compradores possuem dentro da indústria;
o nível geral de rivalidade ou competição entre as empresas dentro daindústria.

De acordo com esse modelo, compradores, produtos substitutos, fornecedores e novas empresas potenciais dentro de uma industria são as forças que contribuem para o nível de rivalidade entre as empresas da indústria, conforme mostra a figura abaixo.

ameaças

poder de nego- poder denegociação
ciação

Compreendendo as forças que determinam a competitividade dentro de uma indústria, o administrador pode desenvolver estratégias que tornem a sua organização mais competitiva. Para Porter, existem três estratégias genéricas para tornar uma empresa mais competitiva: a diferenciação, a liderança de custo e a focalização.
Diferenciação: é uma estratégiaque procura tornar uma organização mais competitiva através do desenvolvimento de um produto que o cliente perceba como diferente dos demais produtos oferecidos pelos concorrentes.
Liderança de custo: é uma estratégia que procura tornar uma organização mais competitiva através da produção de produtos mais baratos do que os dos concorrentes.
Focalização: é uma técnica que procura tornar uma...
tracking img