Pesquisas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1084 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]






















































































SUMÁRIO


1 IDENTIFICAÇÃO 3

2 SUMÁRIO DA PROPOSTA 3

3 JUSTIFICATIVA 3

4 OBJETIVO 4
4.1 Gerais 4
4.1 Específicos 5

5 METAS 5

6 PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS 5

7 RECURSOS 6


8 MONITORAMENTOS EAVALIAÇÕES 6


9 CRONOGRAMA 6

REFERÊNCIAS 8








1 IDENTIFICAÇÃO

Nome do Projeto: Entre Nós
Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Droga (CAPS – AD) – Silvania Fernades
Secretaria Municipal de Saúde de Caldas Novas – Secretário Marcos Paixão
Coordenador a de Saúde Mental Gizelia Custódio
Coordenadora do CAPS –AD Silvania Fernandes – Gizélia Custódio

2 SUMÁRIO DA PROPOSTAA intervenção será realizada com um grupo de usuários e integrantes das famílias desses usuários, acontecerá quinzenalmente e será coordenada pela Assistente Social, onde serão discutidos o cotidiano familiar do usuário e suas possíveis recaídas. Assim tentaremos reunir o usuário com seus familiares já que estes se sentem desgastadas com a doença. A reunião será trabalhada com cautela para quenão haja tensão nas relações familiares, sendo o objetivo das reuniões constatar as dificuldades existentes no grupo (família e usuário), trabalhar o relacionamento,
transformar o potencial de todos, estimulando a igualdade de harmonia interpessoal.

3 JUSTIFICATIVA

No município de Caldas Novas há um aumento do número de usuários de álcool e outras drogas, atingindo tanto adolescentesquanto adultos. A relevância da participação e integração da família na recuperação do dependente químico, consiste na percepção de que a rede familiar e grupal (amigos e usuários) é um suporte terapêutico eficaz no tratamento do usuário, e que mesmo aqueles que não possuem família, necessitam da participação de outros indivíduos como ajudantes e incentivadores em seu tratamento, visto que adependência química é uma doença e deve ser tratada como tal, com programas de prevenção e de tratamento que apontem seu controle e a reintegração do doente à vida em sociedade.
Nas pessoas predispostas, o álcool, a droga de uso mais difundido propicia o surgimento de psicoses, deforma o caráter e afeta a saúde das mais variadas formas. Apesar de o álcool possuir grande aceitação social pelo seuefeito euforizante em baixas doses, seu consumo ser estimulado pela sociedade por ser lícita, é também uma droga psicotrópica que atua como depressora do sistema nervoso central, e seu uso abusivo pode causar mudança no comportamento, e por induzir a tolerância causar a síndrome de abstinência. Porém a mais preocupante é o crack por ser uma droga que causa dependência severa rapidamente, serbarata, e ser estimulante das atividade mentais causando um estado de euforia, poder , insônia, perda de apetite e perda da sensação de cansaço, gerando um estado psicótico.
A dependência química causa não só o agravamento do problemas sociais assim como traz um grande sofrimento para a família agravando as condições de vulnerabilidade especialmente as famílias mais carentes.


4 OBJETIVOS4.1 Gerais


Contribuir para uma melhor compreensão da importância familiar e grupal no tratamento do usuário para melhor Integração do individuo à sociedade de forma produtiva e participativa em ambientes sociais e culturais, onde se desenvolve a vida cotidiana e familiar.


4.2 Específicos

1. Focar que o contexto de recuperação é favorecido por um conjunto de apoioscontextuais como família, grupos e redes de amigos;
2. Mostrar a importância de cada indivíduo no trabalho em grupo;
3. Realizar uma oficina de relações interpessoais com um grupo de usuários;
4. Proporcionar uma maior reflexão entre todos.


5 METAS

Inserir o maior número de usuários e familiares no grupo desenvolvendo uma busca ativa e fomentando a participação e a...
tracking img