Pesquisa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2626 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Centro Integrado de Educação Profissinonal
Curso Técnico em Radiologia Médica
Informática aplicada à Radiologia

Radioatividade

Medicina Agricultura


Geologia e ArqueologiaIndústria

Energia Nuclear- Urânio

Equipe: Sarah
Sandy
Nathaly Oliveira
Tália Lanuce
Prof.: Gustavo Almeida
Turma: Sábado
Radioatividade
A radioatividade é a capacidade que alguns elementos fisicamente instáveis possuem de emitir energia sob forma de partículas ou radiação eletromagnética. Ela só existe pela instabilidade dos elementos radioativos epara atingir a forma estável o núcleo atômico emite as partículas e ondas.

A descoberta da Radioatividade
A descoberta da radioatividade se deu de forma gradativa e representou um salto para o conhecimento da estrutura da matéria

Em 1895, o cientista alemão Wilhelm K. Röentgen, descobriu de modo acidental a existência dos raios X. Ele estava fazendo experimentos com a ampola de Crookes, que é umtubo de vidro vedado no vácuo, com um gás sobre baixa pressão e submetido a um campo magnético externo.
Quando Röentgen desligou as luzes e ligou a ampola, raios vindos da ampola cruzaram o ar e fizeram brilhar um papel tratado com platinocianeto de bário, um material fluorescente. Ele fez vários testes e descobriu que era possível sensibilizar uma chapa fotográfica com os raios X. Tanto que foipossível que ele visse a impressão dos ossos de sua mão e de sua aliança.

Antoine Henri Becquerel também passou a trabalhar com materiais fluorescentes, para descobrir se eles emitiam raios X. Porém, o que ele acabou descobrindo, em 1896, foi que os minérios com os quais ele estava trabalhando, que eram o sulfato duplo de potássio e a uralina di-hidratada, conseguiam impressionar um filmefotográfico na ausência de luz solar, sem precisar estar fluorescente. Portanto, ele concluiu que essa propriedade não era equivalente aos raios X de Röentgen.
Com a ajuda dos cientistas Pierre Curie e sua esposa Marie Curie Becquerel descobriu que essa propriedade era característica não só da uralina, mas de todos os compostos que tinham em sua constituição o elemento urânio. Dessa forma, soube-se que ourânio era um elemento que espontaneamente emite radiação. E foi dada a essa propriedade a denominação radioatividade.

Aplicações dos elementos Radioativos
Os elementos químicos denominados como radioativos, são aqueles que apresentam o fenômeno da radioatividade, que consiste na emissão de radiação alfa, beta ou gama pelo fato de possuírem instabilidade nuclear.
Toda e qualquer faixa de radiaçãotransporta energia, e a energia proveniente dos elementos radioativos pode ser utilizada com diversas finalidades, dentre as quais podemos citar:

* Medicina
Atualmente, a medicina é a principal fonte de exposição do homem à radiação artificial. A radiação é utilizada tanto para diagnosticar como para tratar enfermidades. Os equipamentos de raios-x constituem uma das ferramentas maisimportantes dos médicos e, com o desenvolvimento tecnológico, novas técnicas de diagnóstico, que utilizam radioisótopos, cada vez mais sofisticadas estão surgindo. Paradoxalmente, a radiação é usada, também, para combater o câncer.
Pode-se afirmar que, em princípio, a irradiação médica é benéfica, entretanto, freqüentemente as doses poderiam ser reduzidas drasticamente sem perda de eficiência do tratamento.O benefício de tal redução seria grande, tendo em vista que o uso da radiação na medicina é responsável pela maior parte da dose recebida pela população decorrente de fontes artificiais.

* Na medicina, duas modalidades médicas fazem uso dos elementos radioativos, veja:

* A medicina nuclear
É uma modalidade que realiza diagnóstico e terapia através da radiação emitida por elementos...
tracking img