Pendulo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1116 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
OBJETIVO DA PRÁTICA
• Permitir que o aluno reconheça o movimento pendular com um caso especial MHS;
• Verificar a dependência do período de oscilação do pendulo simples com a massa, com o comprimento do fio e com o ângulo;
• Obter valo da aceleração da gravidade;























Introdução: Um fenômeno é periódico quando se repete, identicamente, em intervalos detempo iguais. O período T é o menor intervalo de tempo para uma repetição deste fenômeno. Um oscilador harmônico efetua um movimento periódico, cujo intervalo é T para cada repetição do fenômeno realizado. Para este tipo de fenômeno alem de T é considerado um outro tipo de grandeza que é a freqüência f, que é o número de vezes que um movimento é repetido em um determinado intervalo de tempo.Realizaremos um estudo em laboratório para se reconhecer o movimento de um pendulo como um caso especial de Movimento Harmônico Simples (MHS) através de um equipamento(figura) e equipamentos auxiliares (trena, cronômetro, etc.) utilizando passos e os registrando em tabelas e calculos












RELAÇÃO DE MATERIAIS
• Suporte universal
• 4 massasaferidas
• 1 trena
• Cronômetro digital
• Fio de prolipropileno
• 1 Tranferidor























PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL
• PRÁTICA 01- Dependência com a massa.
Para isso, monta-se o sistema utilizando uma massa x gramas e um fio de l centímetros. Após isso, ajusta-se o suporte na bancada do laboratório, desloca-se a massa num ângulo pequeno x, com 5 centímetros deamplitude e coloca-se o pêndulo para oscilar. Com um cronômetro, mede-se o tempo de 10 oscilações e anota-se o resultado na tabela 01. Depois, repete-se o mesmo procedimento para 3 massa diferentes.
• PRÁTICA 02- Dependência com o comprimento do fio.
Analogamente ao que foi feito na prática 1, monta-se o mesmo sistema mas com a massa de x gramas e um comprimento de fio de L centímetros. Com osistema pronto, desloca-se a massa em uma amplitude de 5 centímetros e colocou-se o sistema para oscilar. Com o cronômetro, medi-se o tempo de 10 oscilações e anotou-se numa tabela 02. O mesmo procedimento deve ser repetido, mas desta vez, com a variação do comprimento do fio. Para isso, a massa e o ângulo de oscilação foram mantidos. Variar de 10 e 10 cm.
• PRÁTICA 03- Dependência com o ângulo deoscilação
Conta-se com a variação das amplitudes e, conseqüentemente, do ângulo de oscilação. Inicialmente, monta-se o sistema com o comprimento do fio de L centimetros e uma massa x gramas. Logo após, coloca-se o pêndulo para oscilar, numa amplitude de 5 centimetros e mediu-se o tempo de 10 oscilações. O mesmo procedimento foi repetido variando amplitudes.RESULTADOS
Tabela 01- Registro e tratamento dos dados obtidos na prática 1 com o valor da massa em quilogramas(Kg). o tempo de duração de 10 oscilações em segundos(s) e a duração de um único ciclo de oscilação (período) em segundos (s).
L (cm) Ângulo Massa(Kg) 10 oscilações
1 medida 10 oscilações
2 medida 10 oscilações
3 medida Média Período
28 cm 20◦ 02 Kg 10,5 s 10,47 s 10,38 s 10,45 s 1,4 s27,5 cm 20◦ 05 Kg 10,34 s 10,32 s 10,34 s 10,33 s 1,3 s
27,5 cm 20◦ 20 Kg 10,37 s 10,31 s 10,31 s 10,33 s 1,3 s

Para se achar a quantidade de período usamos a formula: tempo de oscilação / n de oscilação
Tabela 02- Registro e tratamento dos dados obtidos na prática 2 com o valor do comprimento do fio em metros (m). o tempo de duração de 10 oscilações em segundos(s) e a duração de umúnico ciclo de oscilação (período) em segundos (s).
L (cm) Ângulo Massa(Kg) 10 oscilações
1 medida 10 oscilações
2 medida 10 oscilações
3 medida Média Período
18 cm 20◦ 20 Kg 8,50 s 8,44 s 8,47 s 8,47 s 0,84 s
22,5 cm 20◦ 20 Kg 9,63 s 9,63 s 9,75 s 9,67 s 0,96 s
32,5 cm 20◦ 20 Kg 11,53 s 11,59 s 11,47 s 11,53 s 1,15 s

Para se achar a quantidade de período usamos a formula: tempo...
tracking img