Paper

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3144 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR DOM BOSCO - UNDB
CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

VINICIUS FERREIRA DE OLIVEIRA


A FORMAÇÃO DO ENGENHEIRO CIVIL NO BRASIL: Importação de engenheiros civis para o Brasil como reflexo da baixa qualificação dos profissionais da engenharia civil brasileira





















São Luís
2011

VINICIUS FERREIRA DE OLIVEIRAA FORMAÇÃO DO ENGENHEIRO CIVIL NO BRASIL: Importação de engenheiros civis para o Brasil como reflexo da baixa qualificação dos profissionais da engenharia civil brasileira

Paper apresentado a disciplina de Interpretação e Produção Textual do Curso de Engenharia Civil da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco para obtenção da 2ª Nota.
Profª Orientadora.: Marineis Merçon.São Luís
2011
A FORMAÇÃO DO ENGENHEIRO CIVIL NO BRASIL: Importação de engenheiros civis para o Brasil como reflexo da baixa qualificação dos profissionais da engenharia civil brasileira.
Vinicius Ferreira
Marineis Merçon³

RESUMO
O Brasil esta em um período de constanteexpansão na indústria da construção civil, e uma grande expectativa tanto da população, mas como também do governo. Com isso, o problema que permeia a contratação de mão-de-obra qualificada brasileira para assumir grandes construções tem se tornado cada vez mais visível. No presente artigo será abordada esta expansão que o mercado da engenharia está sofrendo e a saída que muitos donos de empreendimentostêm se utilizado – contratar engenheiros civis estrangeiros.

Palavras-chave: Construção Civil; Importação; Formação do Engenheiro; Baixa Qualificação
INTRODUÇÃO
Tem sido freqüente nos meios de comunicação a publicação de matérias que mostram problemas visíveis na contratação de mão-de-obra qualificada na engenharia civil, que resulta em um obstáculo para o crescimento da economia do país,porém, o mercado construtivo no Brasil está acelerando de forma que causará vantagens ao país e ao mesmo tempo desvantagens em alguns aspectos civis, fazendo com que os setores existentes no país, atendam as e expectativas desse mercado, para a evolução econômica, social e ambiental da sociedade.
Com o objetivo de estudarmos a respeito da construção civil, é necessário haver um histórico sobre aevolução e informações sobre a engenharia civil, propriamente voltado para o caso a ser estudado.
O presente paper tem como objetivo abordar o crescimento da construção civil, mostrando os contras e as vantagens da expansão do setor. Relevando também questões polêmicas e os problemas ocasionados pela obras, edificações da área.

1. HISTÓRICO DA CONSTRUÇÃO CIVIL E A ENGENHARIA

AEngenharia não teve suas atividades iniciadas pelos cidadãos, mas sim pelo Exército, que tinham como necessidade a criação de obras para sua entidade, de armas para ir a guerra, ou seja, o Exercito iniciou a atividade de engenharia pelos motivos de mostrar que a superioridade de sua pátria.
Para Antonio Soares Sobrinho (2006, p. 15), a construção civil é um ramo da atividade econômica, onde seobserva a predominância de pessoas com baixa ou nenhuma escolaridade, o que leva os empregados a serem discriminados, humilhados e até trabalharem nos chamados “gatos” que são empresas informais, prestadoras de serviços, com o baixo nível de salários e qualidade dos serviços prestados.
Com o tempo, a Engenharia civil foi tornando-se generalizada em relação a sociedade, ou seja, deixou-se de tornaralgo militar e tornou-se algo mais social. Ela começou a ser conhecida no ambiente social por meio dos projetistas e construtores, que carregavam o termo engenharia civil em suas edificações que se destinavam a sociedade civil, não havendo mais tanta intervenção militar.
Trazendo para o Brasil, a construção civil teve seu apogeu na década de 1940, no mandato do então presidente Getúlio Vargas,...
tracking img