Paper cidadania

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1375 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de dezembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Política e religião é uma parceria compatível?

APRESENTAÇÃO

Uma é a relação entre a atuação política evangélica e os outros aspectos da realidade eclesiástica, pois a longo prazo o envolvimento político sadio é imprescindível para a saúde da
própria igreja, assim como para o bem da sociedade. A outra é a importância do caso brasileiro, pois a comunidade evangélica brasileira é a segundamaior do mundo. Seu bom exemplo na política seria muito útil para contrabalançar o desastrado engajamento político da direita
cristã nos Estados Unidos, que tem prejudicado o nome de “evangélico” no mundo inteiro.
No entanto, na Europa muitas pessoas acreditam que o crescimento evangélico em vários países do Terceiro Mundo é tão perigoso para a política quanto o crescimento do fundamentalismoislâmico. Com todas as suas falhas, a política evangélica no Brasil desmente isso e aponta para
outro futuro. O envolvimento político evangélico no Terceiro Mundo, em certo sentido “liderado” pelo Brasil, não é irmão gêmeo do radicalismo islâmico, nem cópia da direita
cristã norte-americana. Ele vem escrevendo uma outra história, para a qual esperamos contribuir com este livro.

RELIGIÃO E POLÍTICASE MISTURAM;

Igreja e Estado, não quase sempre A imprensa e alguns políticos criticam a campanha de candidatos ou políticos evangélicos porque estes estariam “misturando religião e política” e ameaçando a separação entre Igreja e Estado. É verdade que as explicações dos candidatos nem sempre ajudam a esclarecer. Mas não devemos acompanhar a música do laicismo militante que
deseja excluir Deuse a religião da praça pública.
Podemos não concordar com as políticas deste ou daquele candidato e até achar que sua conversão foi oportunista, mas não devemos combatê-lo de tal forma a deslegitimar a razão da nossa própria participação política. A política não deve ser meio de fortalecer uma religião em detrimento de outras, mas dizer que a religião em si nada tem a ver com a conduta dapolítica é
lógica e historicamente falso.

Desenvolvimento

Religião e politica, sim; igreja e estado, não seguir uma linha errada. A diferença entre “uso” e “abuso” é muito subjetiva. Um dia, o feitiço pode se virar contra o feiticeiro. Devemos, sim, protestar quando se diz que todos os evangélicos estão com tal candidato, mas não devemos atacar os outros por “abusar” da religião na política.Deixemos que cada um se utilize da religião como quiser — é melhor do que criar um ambiente em que ninguém pode falar sobre religião em praça pública.
O Ocidente aprendeu a duras penas, a custo de muito sangue, que religião e política têm de estar separadas, dizem os críticos, e certos candidatos estariam voltando a misturá-las.
Em 2002, em resposta à imprensa, o ex-governador Anthony Garotinhodeclarou que era a favor do Estado secular, e, ao mesmo tempo, disse que não mistura religião com política.
Essas duas afirmações não são equivalentes e retratam uma certa confusão. O Estado deve ser não-confessional. Foi justamente essa percepção por parte de alguns dos primeiros protestantes nos séculos 16 e 17 que deu início à separação entre Igreja e Estado. Com bases teológicas, eles perceberamque a visão cristã do Estado é que o Estado não deve ser “cristão”, no sentido de defender e promover uma determinada igreja ou religião. Este não é o papel de Estado nenhum na dispensação da graça. Entretanto, religião e política podem, sim, ser misturadas.
Uma pessoa pode ser inspirada por sua fé religiosa a ingressar na política e defender certas propostas. Política confessional, sim; Estadoconfessional, não.
Isso implica reconhecer, entre outras coisas, que há diferença entre ser um legislador evangélico e ser um governante evangélico.
Em torno dos candidatos e políticos evangélicos há líderes e membros de igrejas com uma expectativa “messiânica” de que aquele candidato evangélico canalizará automaticamente as bênçãos de Deus sobre o Brasil, resolvendo todos os problemas que nos...
tracking img