Padroes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 33 (8023 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de março de 2015
Ler documento completo
Amostra do texto
Arquitetura - Visão Geral
Arquitetura de Sistemas.
 A figura abaixo descreve de forma geral a arquitetura dos sistemas padrão EMPRESA:
 
Legendas:
1) Tem-se como padrão que as aplicações serão desenvolvidas na plataforma Web. Em casos específicos, é aceitável o uso de Smart Clients. As páginas aspx recebem a requisição do browser e utilizam os componentes necessários (Web Services, DLL's decomponentes visuais, etc) para montar o html de retorno ao browser.
2) O site asp.Net aplica as devidas configurações especificadas pelo arquivo web.config. Estas configurações são descritas mais adiante no documento.
3) As páginas asp.Net podem fazer uso de componentes visuais da biblioteca de classes DA EMPRESA, caso considerem necessário.
4) A biblioteca DA EMPRESA contem alguns componentes, comoTextBox com máscara, validadores de CPF e CGC, entre outros, que podem auxiliar o processo de desenvolvimento.
5) As páginas asp.Net também podem utilizar outras bibliotecas de controles visuais.
6) Outras bibliotecas de controles visuais, como Infragistics ou mesmo controles desenvolvidos pelo próprio fornecedor, podem ser desenvolvidas. Além de ser algo recomendável por gerar reutilização decódigo, também auxilia na organização dos sistemas.
7) O arquivo machine.config contem configurações importantes para todo o funcionamento de aplicações .Net no computador. Ele conterá configurações específicas para o Framework DA EMPRESA e deverá ser utilizado com muito critério, para evitar problemas que impactem outros aplicativos.
8) O .Net aplica automaticamente as configurações do machine.configem toda a máquina.
9) Toda a comunicação entre a camada de apresentação e as regras de negócio deve ser feita via HTTP. Isso vale tanto para aplicações Web quanto para Smart Clients. Pode parecer desnecessário, num primeiro momento, se pensarmos que ambos os servidores (aplicação e Web) poderiam ser um só. Mas num futuro próximo, o Martins pode vir a decidir separar estas máquinas fisicamente,por questões de segurança e escalabilidade, e é interesse que as aplicações estejam preparadas para isso.
10) Os Web Services serão desenvolvidos para permitir que chamadas a regras de negócio possam ser feitas através da rede. Isso significa que Web Services não possuem lógica de negócios, muito menos tomada de decisão de qualquer tipo. O papel dos Web Services é simplesmente receber a chamadas erepassá-las aos devidos componentes. Cada sistema usará quantos Web Services forem necessários, cada qual especializado em chamar componentes específicos de regras de negócio.
11) Os Web Services fazem uso de arquivos web.config para receber configurações específicas. Estas configurações permitirão que as classes de regras de negócio saibam como se comportar, como acessar conexões a banco (atravésdo sistema de segurança) e como irão trabalhar com elas.
12) Os Web services chamam os assemblies contendo regras de negócio, sempre chamando as classes BP (Business Process). Não é permitido que Web Services chamem diretamente qualquer outro tipo de classe nestes assemblies. Caso o programador tente fazer isso, receberá uma exception durante a execução do sistema.
13) As classes BP (BusinessProcess) têm alguns objetivos bem específicos: O primeiro é garantir a segurança, pois verificarão se o acesso aos seus métodos é permitido pelo sistema de segurança. Além disso, elas agrupam chamadas a diversas classes BLL e outras classes BP. A vantagem está em evitar que uma mesma página asp.Net faça várias chamadas a Web Services, quando poderia chamar apenas um, que deixaria a cargo do BP chamarquantas classes BLL forem necessárias para poder retornar os dados necessários às páginas. Isso garante melhor utilização da rede e performance para a aplicação.
14) As classes BLL (Business Logic Layer) possuem regras de negócio. Cabe a elas saber se um determinado registro pode ser alterado, inserido ou removido, com base em critérios de regras de negócio. Classes BLL não acessam banco de...
tracking img