Novos pontos de partida da pedagogia política de paulo freire

Páginas: 7 (1669 palavras) Publicado: 20 de novembro de 2012
O texto inicia com um relato do autor sobre um contato seu com Paulo Freire. O contato foi realizado durante uma viagem. A grande preocupação era com o neoliberalismo, que, segundo Paulo Freire, é o novo demônio dos nossos dias.


Na introdução, o autor ainda aborda em seus comentários finais duas questões:


1ª) como reinventar a educação sem repetir Paulo Freire.
2ª)como combater o neoliberalismo na educação e na cultura.


Para o autor, esta é a melhor forma não só de honrar a memória de Paulo Freire como também de responder às questões de como se vincula a educação e a justiça num mundo globalizado sem deixar de falar de cidadania e da democracia.


Eu e Paulo Freire tínhamos planejado escrever um livro sobre as novas exigências da educação,no limiar do século XXI. Planejamos o título A Educação como um Sonho Possível. Queríamos reinventar e não repetir Paulo.


Paulo Freire disse-me: “[...] teremos que criticar o neoliberalismo que é o novo demônio dos nossos dias”.


Fiquei a pensar numa reunião acadêmica que tinha tido na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), com o já retirado Cardeal De Arns,que fora cardeal de São Paulo e um dos melhores representantes brasileiros da Teologia da Libertação. O título desta reunião foi O Diabólico e o Simbólico e que me pareceu bastante assertivo porque o simbólico, teologicamente falando, contrasta com o diabólico como sua antítese. Sua prematura morte, no dia 2 de maio de 1997, devido a um ataque de coração depois de uma operação às vias coronárias.Quando criamos o primeiro Instituto Paulo Freire com Paulo e Moacir Gadotti, Paulo deu uma consigna: que não repetíssemos mas que o reinventássemos. Há que combater o neoliberalismo. Em meus comentários finais quero abordar estas duas questões, como reinventar a educação sem repetir Paulo Freire e como combater o neoliberalismo na educação e na cultura. Essa é a melhor forma não só dehonrar a memória de Freire como também de responder à questão de como se vincula a educação e a justiça num mundo globalizado.


Para uma crítica ao Obscurantismo


Há trinta e cinco anos atrás, Freire (apud TORRES, 2005, p. 161) afirmava, que


[...] no dia em que as forças do poder e da dominação que governam a ciência e a tecnologia descubram um caminho paramatar a intencionalidade e o caráter ativo da consciência que faz com que a consciência se compreenda a si própria, já não poderemos falar de libertação. Mas porque não é possível matar, apagar a força criadora, recreadora e captadora da consciência [...]; e ao mitificar a consciência da realidade se obscuriza o processo de transformação da realidade.


O Obscurantismo resulta não só damanipulação dos meios de comunicação, da construção da administração estatal e da política pública como dominação e não como serviço ao bem comum, como também da manipulação da ciência para dominar, oprimir, explorar e subjugar as populações. É a mentira pública como forma de obter benefícios privados. É a deformação e desinformação.


O antídoto do poder é a dupla chave da conscientização,uma epistemologia da curiosidade como defendia Freire, questionando, usando a candura e a simplicidade do olhar de uma criança para inspecionar, inclusivamente as relações e as experiências mais enredadas. A suspeita de que toda a interação humana, toda a experiência humana, na media em que envolve relações de poder, envolve relações de dominação e deve, portanto, ser submetida a uma críticasistemática. Se isso se aplica à interação entre pessoas individuais (a criança e os seus pais, as crianças e os professores, as vinculações no interior da família), muito mais ainda se aplica às interações entre as pessoas e instituições.

Por uma globalização alternativa: Planetarização

Em todos os Institutos Paulo Freire fala de uma globalização alternativa, a que chamamos de planetarização....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Pedagogia da Autonomia- Paulo Freire
  • Pedagogia da autonomia
  • Pedagogia da autonomia paulo freire
  • paulo freire pedagogia da autonomia
  • Paulo Freire Pedagogia da Autonomia
  • Pedagogia da Autonomia
  • Resumo: Pedagogia de Paulo Freire
  • Paulo Freire. A pedagogia das Libertação

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!