Libras

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1570 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS PARA
PAULO FREIRE


Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI
Pedagogia (Ped 384) – Prática do Módulo III
07/07/2012


RESUMO

Este estudo tem com objetivo refletir sobre a possibilidade de construção e resgate da cidadania por uma parcela da população que não teve acesso à escola no momento devido da infância. Nesta pesquisa encontrei PauloFreire e sua proposta de alfabetização que atende todos os objetivos que serão necessários para atingir o meu objetivo.

Palavras-chave: Resgate. Paulo Freire. Alfabetização.


1 INTRODUÇÃO

O estudo de sua proposta gera reflexões sobre seus pensamentos e afirmações, em um movimento espiral, tendo como ponto de partida a vida humanaindividual, dentro de uma comunidade, de uma cultura, em convivência com o outro. É um orgulho que tenha sido um brasileiro que criou uma pedagogia contraditória, mesmo de forma mais simples, algo tão imenso e profundo a importância de vida humana e o valor do outro no processo pedagógico. Freire nos ensina a olhar o outro, olhando para nós mesmos.

A proposta deste estudo é refletir sobre Paulo Freirecomo professor e criador de um método para a educação de jovens e adultos e como ser humano solidário ao outro, refletindo sobre sua postura ética, analisando a coerência da sua teoria, verificando, principalmente sua preocupação com a vida dos mais massacrados, aqueles que sofrem injustiças, exclusões, discriminações, os oprimidos, utilizando suas palavras, aqueles que não têm ou não tiveramacesso a escola no momento devido.

Freire é o primeiro a falar que “é impossível a educação sem que o educando se eduque a si mesmo no próprio processo da sua libertação”


2 FREIRE E A EDUCAÇÃO PELA VIDA

Paulo Freire elaborou um trabalho pedagógico, inédito, pensado nas pessoas menos favorecidas. Voltando ao passado dele aonde: o amor, afeto, dialogo, troca, responsabilidade, estão ligadosa alfabetização e a leitura, brincava no quintal com gravetos na terra, a sombra da mangueira, aprendeu a ler e escrever com sua mãe. Algo tão intimo pode ter sido o que levou a alcançar algo universal, a leitura. Essas marcas vão influenciar na elaboração de seu trabalho, como ele mesmo confessou: “Minha pratica dialógica com meus pais me prepara para continuar a vivê-la com meus alunos” (Freire,1997:83)

Entre outras profissões escolheu ser professor e doou para população carente, através da educação, o que a vida havia dado a oportunidade. Um professor brasileiro que virou um mito, muito atento as necessidades vitais, competente com o seu tempo.
A obra de Paulo Freire, assim como a obra de todo bom herói, é um desses fenômenosde forte apelo mítico. De tão bem que ele desencantou o mundo, encantou-se, e nos fez encantarmo-nos com ele. Sua obra e sua figura pessoal encontram-se, pois, intensamente cercadas de uma aura. Isso não é surpreendente. Isso veio sendo construído ao longo de sua vida profissional, e se acentuou à medida que envelhecia. O fundamento político desconstrução foi sua condição de patriota vitimado, quearriscou sua vida para realizar um projeto salvador: a libertação cultural e política de seus irmãos miseráveis, analfabetos, oprimidos. O que custou-lhe um exílio. Ao mesmo tempo, valeu-lhe o acesso ao mundo, e ao mundo, o acesso a ele (Casali, 1998:98).

Da mesma forma sua trajetória de educador, de reconhecimento internacional, se deu após a divulgação da Pedagogia do Oprimido, onde explicasua proposta de alfabetização, o método de alfabetização que criou a leitura é apenas uma parcela de aprendizagem, frente às novas esperanças de vida que serão delineadas pela conscientização.

Paulo freire sempre buscou uma proposta onde todos pudessem ter uma alfabetização digna, sobre sua proposta é necessário lembrar que o ponto de partida para alfabetização é a experiência que cultural...
tracking img