Milk run

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3292 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Resumo

Milk Run é uma antiga prática logística de abastecimento (inbound/outbound) e tem como origem os sistemas tradicionais de abastecimento das usinas de processamento de leite. É descrito em sua utilização inbound, como uma coleta programada de peças e/ou matérias primas de vários fornecedores em quantidades acordadas. É uma abordagem mais sofisticada do que o cross-docking, em queum único caminhão recolhe materiais de diversos fornecedores em quantidades e momentos pré-estabelecidos e tem como objetivo otimizar o transporte de materiais para a indústria.
Provendo uma infra-estrutura para a transmissão de sinais de ‘puxada” – Just-in-time (JIT) e Kanban externos – possui como técnica específica o transporte enxuto e assim, uma tendência logística.Atualmente, sua maior utilização se dá nas indústrias automobilísticas.

SUMÁRIO

1 – Introdução 5

2 – O que é Milk Run? 5

3 – Funcionamento do sistema. 6

4 –Sistema Milk Run 8

Vantagens 8
Desvantagens 10

5 – As partes no sistema 10

Responsabilidades dos Fornecedores 11
Responsabilidades do Operador Logístico 11
Responsabilidades do cliente 11

6 – Estudo de Caso:GeneralMotors 12

7 – Conclusão 14

8 – Referências Bibliográficas 14

9 – Glossário 16

1 – Introdução
Através deste trabalho procuramos mostrar o Sistema Milk Run, um modelo de tendência no sistema logístico. Destacando o seu funcionamento, seus procedimentos, vantagens, desvantagens e estudo de caso. Tendência essa, na atualidade utilizada nas indústrias automobilísticas e servindo demodelo para as demais indústrias.
Ressaltamos a escassa literatura em português sobre o tema e poucas em inglês, as quais foram objetos de tradução por membros do grupo de estudos.

2 – O que é Milk Run?
Milk Run para Pires (2004), é uma antiga prática logística de abastecimento (inbound) e tem como origem os sistemas tradicionais de abastecimento das usinas de processamento de leite. Édescrito por Baudin (2005), em sua utilização inbound, como uma coleta programada de peças e/ou matérias primas de vários fornecedores em quantidades acordadas, e é uma abordagem mais sofisticada do que o cross-docking, em que um único caminhão recolhe materiais de diversos fornecedores em quantidades pré-estabelecidas e tem como objetivo otimizar o transporte de materiais para a indústria. Citaainda, que o Milk Run provêm uma infra-estrutura para a transmissão de sinais de “puxada”.
Para Martichenko e Taylor (2006), o Milk Run incorpora a filosofia Just-in-time (JIT), a qual segundo Shingo (1996), tem como objetivo primário eliminar os desperdícios no sistema produtivo. Afirmam ainda que Milk Run é uma técnica específica do transporte enxuto, e o termo Just-in-time não é novo, masainda pode ser mal interpretado. Sendo que, o verdadeiro JIT exige entregas de material inbound e outbound exatamente nas quantidades e no exato momento em que são necessários. O sistema Milk Run também é utilizado, em diferente escala, para coletar peças e/ou matérias primas e distribuir mercadorias na cadeia de suprimentos. (BAUDIN, 2005)

3 – Funcionamento do sistema.
O sistema MilkRun atua inicialmente com fornecedores próximos, mas um Milk Run local pode incluir um fornecedor distante da planta, mas que possua um armazém local. Aglomerados de fornecedores distantes podem também ser atendidos pelo Milk Run, por meio de crossdocks (figura 1) ou centros de distribuição, provendo uma interface para o transporte de longa distância (long-haul) por caminhão ou ferroviário. (BAUDIN,2005).

Figura 1 – Crossdocks
[pic]
Fonte: Acesso em 01/05/07.

Este sistema de coleta programada de peças e/ou matérias primas, Milk Run, pode ser realizado pela própria indústria: a indústria gerencia o melhor itinerário para seu veículo de coleta, determinando a quantidade de peças e/ou matérias primas necessárias...
tracking img