Midias alternativas/ midia indoor

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2097 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PUBLICIDADE & PROPAGANDA


MÍDIAS ALTERNATIVAS E MIDIA INDOOR



Amanda Sthefany
Rachel Rocha

Fortaleza
2012
Introdução
De todas as mídias mais conhecidas, resolvemos trabalhar a mídia alternativa. Um tipo de mídia que vem crescendo no mercado publicitário. Podemos perceber que a propaganda está em todo lugar, e a mídia alternativa consegue direcionar e focarnaquele seu público-alvo através de suas peças. São peças que chamam atenção por serem diferentes, despertando a curiosidade. E foi através desses motivos que escolhemos trabalhar essa mídia.
Conhecer seus meios técnicos e financeiros, nos possibilita uma compreensão maior dessa mídia, que embora esteja crescendo ainda há muitas dúvidas e que ainda não se compara as mídias como: Televisão, Rádio,Jornal, Revista, Internet.
Iremos trabalhar os seguintes conceitos: Explicação de como surgiu e o que é a Mídia Alternativa, como ela é vista no mercado atual, como é seu impacto em relação ao consumidor, quais suas vantagens e seus custos.
Também iremos trabalhar os conceitos de Mídia Indoor, que já está sendo fixado aos poucos no mercado brasileiro como uma mídia independente. Apresentandoseus números e seu crescimento no país e no exterior.

Mídias Alternativas
Encontramo-nos diante de uma nova geração, nascida no fim dos anos 90 em diante, que consome mídia de um jeito diferente. Os hábitos de mídia mudaram com a tecnologia e a interatividade das mídias. O consumidor não quer mais ser passivo, ele quer participar, editar, criar e divulgar sua própria mensagem. Exemplos dissonão faltam na internet através de blogs, Youtube, Twitter etc. e na TV através dos realities shows, envio de vídeos para programas, participação de quiz de perguntas valendo algum prêmio através do celular. É nesse sentido que entra a mídia alternativa, construída pela demanda de um novo perfil de consumidor e um consumidor jovem, que consome mídia de um jeito diferente.
Porém, a mídia alternativaa rigor ainda “não existe”. O conceito foi criado na segunda metade do século XX para se nomear os canais ou veículos de comunicação não tradicionais, ou seja, canais de divulgação sem conteúdo editorial, apenas com viés comercial. Nessa perspectiva tudo que não fosse jornal, revista, rádio ou televisão passou a ser denominado de mídia alternativa, conotação que infelizmente tornou-se depreciativapor conta de um consenso (baseado em pesquisas não conclusivas) no sentido de que essas formas de mídia eram apenas complementares. Nesta época o marketing recomendava a mídia de massa como a melhor estratégia. As grandes empresas não cogitavam ainda “targets” específicos, o seu público alvo era a massa como um todo e, nessa perspectiva, é claro que nenhuma mídia alternativa cumpria esseobjetivo.
Hoje no meio publicitário, mídia alternativa são as novas formas e ferramentas para se fazer propaganda, onde são usados maneiras ou espaços, que não costumam ter uma tabela fixa de preços, pois ainda não são pontos utilizados comercialmente para anúncios de publicidade. Muitas vezes são em locais inusitados ou fora do convencional, geralmente costumam ser criativas por conta da forma exóticasos quais se apresentam. Às vezes elas também costumam interagir com o público. Elas consistem, em geral, num custo mais baixo, afinal ela pode estar em qualquer espaço, como no chão, escadas rolantes, portas de carros, botões de elevador, bolacha de chopp, espaços no banheiro, guardanapos de restaurante, maçanetas, catracas e até em telas de celular.
Hoje em dia, prender a atenção da audiênciaestá mais difícil, é importante se perguntar por onde passa os olhos do público. Potencialmente, qualquer lugar para o qual olhemos de um a dois segundos é passível de receber uma mensagem publicitária. As mídias alternativas se destacam por não concorrerem com outros anunciantes, por conseguirem burlar o filtro de propaganda e terem um grande impacto do target em momentos de descontração, o...
tracking img