Mensagem - fernando pessoa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (361 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A Mensagem - Introdução ao Estudo

Fernando Pessoa traduz-se numa imensidão misteriosa, calcula-se o tamanho do sentimento com que se veste de palavras mas a grandiosidade passa pelo que nãosabemos e que invariavelmente, nunca saberemos dele. Não por não nos dizer mas por não sermos nós, ainda, capazes de desvendar a dimensão dos simbolismos imbricados. O que se sabe é suficiente parapensarmos no mais que se possa vir a saber deste que é O poeta do século XX português.
A alma integral com que se enche e com que se dá à poesia fica registada ao longo destes 44 poemas – “um pequeno livrode poemas”.
Se Fernando Pessoa poderia ter escolhido publicar em português uma outra obra sua, reconhecida por poesia ortónima ou por genialidade heteronímica… parafraseando um anúncio recente,poder podia! Mas com toda a certeza, não teria sido a mesma coisa! O poeta escolhe de entre tantos símbolos, a luz dos números, das datas, das somas e das estruturas meticulosamente pensadas e contadasnuma lógica mítica.
A Mensagem que nos deixou é carregada de significados latentes, de outros conhecimentos de outras obras, de outros acontecimentos e todos estes outros condensados num estilo que sedenomina de “épico-lírico”, ao qual se associa uma junção do supra-Camões ao misticismo do Padre António Vieira. Certo é que num estilo Pessoano, se dá novo rumo à pátria portuguesa, aosacontecimentos históricos e às personagens eternizadas pelos seus próprios feitos.
A glória concreta do que foi feito e da qual resulta a criação deste país “à beira mar plantado” é exaltada numa realidadesuperior mas simultaneamente com rasgos de consciência fortuita de que existirão ainda muitas linhas por desvendar na história destes 44 poemas. O que subjaz à estrutura, que por si, representa umminucioso conhecimento das linhas de Portugal, é sem dúvida, e como sempre, a relação de um “desassossego permanente” e do desejo eternizado pelo que há-de vir e pelo que, em vão, não foi capaz de...
tracking img