Marx

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 45 (11204 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Marx: a política, o poder e o Estado capitalista

(Do livro “Filósofos na sala de aula”, v. 2, Berlerndis & Vertecchia Editores, São Paulo, 2007,
org. Vinicius de Figueiredo, p. 110-154)

Adriano Codato

"A atual sociedade não e um cristal sólido, mas um organismo capaz de mudar e que está em constante processo de mudança."
Karl Marx, do Prefácio à primeira edição de O capital (1867)É sintomático: o mês de dezembro de 1989 não tem o poder de encantamento que tem outra data importante do século 20: o maio de 1968.
A rebelião dos estudantes franceses contra a ordem escolar francesa permanece no imaginário social justamente por ter se convertido em símbolo de uma utopia. "Sejamos realistas, desejemos o impossível": um poder jovem, uma sociedade sem autoridade, ummundo sem classes.
Já a destruição, em 1989, do muro que dividia Berlim entre uma banda capitalista e outra "comunista" foi, para muitos, a prova definitiva de que nosso modo de vida é universal, as disparidades sociais são naturais, as hierarquias são necessárias, as diferenças não são bem-vindas e o poder é legítimo porque é o poder estabelecido. Enfim: o capitalismo é eterno.
Nessa onda,um cientista político norte-americano — Francis Fukuyama — chegou mesmo a afirmar que, naquele inverno de 1989, estávamos diante do fim da História. Não haveria, a partir de então, qualquer alternativa satisfatória à democracia liberal. Ela seria a última forma do governo humano.
O realismo delirante dessa sentença e seu espírito cínico, aliados à vitória teórica, ideológica e política dadoutrina econômica neoliberal na década de 1990, aposentaram por um bom tempo o marxismo, o socialismo e os ideais revolucionários. Entramos então numa época em que a teoria social de Marx perdeu todo o seu prestígio e a hegemonia nos círculos universitários. O comunismo, enfim comprovada sua inviabilidade, deu lugar ao consumismo; e da idéia de Revolução só restou a imagem estilizada — edespolitizada — de Che Guevara. O inconformismo migrou então para outras regiões para se expressar ora através do terrorismo (sua versão dramática), ora através da adesão a incontáveis modismos.
Nesse contexto anti-utópico, em que o individualismo suplantou o coletivismo e a alienação excedeu a emancipação, pode-se ainda ler Marx?
Na verdade, o nome de Karl Marx (1818-1883) está associado apelo menos três coisas muito diferentes entre si: a um programa revolucionário, a uma ideologia de Estado e a uma teoria social.
Marx foi um dos inspiradores do mais importante movimento político do século 19: o socialismo.[1] Ele escreveu, com seu principal colaborador, Friedrich Engels (1820-1895), um panfleto político que pode ser tomado como o resumo acabado do espírito revolucionárioeuropeu: O manifesto do Partido Comunista (de 1848). Esse panfleto termina com o famoso apelo: "Proletários de todos os países, uni-vos!". Como ativista político, Marx engajou-se em duas grandes guerras teóricas, uma contra o hegelianismo, outra contra a economia política burguesa. Combateu politicamente o anarquismo e sua influência no movimento operário europeu. Com igual disposição, reprovou asfabulações do socialismo utópico. Liderou, como publicista, a crítica democrática radical à revolução burguesa alemã. Conspirou em Londres contra o regime prussiano. E organizou a I Associação Internacional dos Trabalhadores. Em meio a tudo isso escreveu O capital.
No século 20, várias revoluções sociais, inspiradas pelo socialismo (como doutrina política), reclamaram uma ligação direta com opensamento de Marx (como teoria social): a Revolução Russa, de 1917, e a Revolução Chinesa, de 1951, por exemplo. Nesses países, contudo, as idéias de Marx e de Engels converteram-se em um conjunto de preceitos e princípios que serviram muito mais para justificar a dominação burocrática e a ditadura de um partido único sobre a sociedade do que para fazer avançar duas bandeiras do socialismo: o...
tracking img