Marx

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2030 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Nicolau Maquiavel, um dos mais polêmicos escritores da historia, nascido em Florença em 1469 a 1527, teve uma grande contribuição para a Política em todos os aspectos. Em sua mais lida obra O Príncipe, 1513, ele expõe grandes tema como, conquista do poder, preservação do mando e os cuidados para não perde-lo, obtenção de alianças, corrupção nepotismo, favorecimento... Em fim, o escritor efilosofo Maquiavel, não pode ser ignorado quando se trata de política, o seu legado é para ser conhecimento de todos, pois revela um mundo bastante interessante e não muito conhecido.
CAPITULO I
Os Estados existentes são divididos entre monarquias ou Republica que ele mesmo define como este estados livres e aquele como principado, as monarquias podem ser hereditárias ou fundadas recentemente, asmonarquias novas podem ser toda feita ou em parte adquirida, de um outro Estado governado ou de um sistema livre.
CAPITULO II
Ele discorre sobre a importância do governo, que o governante (monárquico) recebe hereditariamente o Estado é consideravelmente bem mais fácil de ser mantido. Desde que respeite algumas regras como dar permanência a forma de governo do seu antecessor.
Existe também opreceito que o Princípio herdeiro tem a tendência de ser mais amado pelo povo, do que o anterior a ele, haja vista que, sucessor tenha comportamento o personalidade não bem quisto pelo povo.
CAPITULO III
Os Estados que são anexados a um antigo, tornando-se misto, é de grande preocupação pois os novos povos podem ter personalidades instáveis, pois se não o agradarem podem se revoltar o Príncipe muitofacilmente. Dessa forma, os Estados rebelados são tomado com extrema facilidade, onde se caso perdê-lo e retoma-lo a fragilidade na permanência será extremamente aflorada,. Em contra partida, a tomada de territórios que falam a mesma língua é mais calma, sabendo que, para isso é preciso dar permanecia as antigas leis e eliminar a linhagem sanguínea da família anterior ao seu reinado. É importantetambém ter colônias por perto do Estado, pois se tornam uma forma de segurança.
CAPITULO IV
Os Principados podem ser de duas formas, podem governados por um Príncipe e barões ou por um Príncipe e seus ministros, existe uma característica importante entre eles dois, pois os primeiros são fáceis de conquistar e difícil de manter, já os outros são difíceis de conquistar e muito fácil de manter.CAPITULO V
Existem três formas de se manter um Estado, que estava acostumado, a viver em liberdade, essas formas podem ser aniquila-los, habita-lo ou permite que viva com suas próprias leis.

CAPITULO VI
O Príncipe deve sempre ter uma referencia de governante vitorioso, vencedor e glorioso. Para que tenha a quem imitar ou se espelhar, tendo assim mais êxito nas suas investidas como governante.A nível de conhecimento é preciso saber que existem dois tipos de Príncipe são os que chegam ao poder por sorte, esse tem menos chance de se permanecer no cargo por muito tempo, ou por mérito, nesse caso tem mais chance de duração.
CAPITULO VII
O Príncipe que chega ao poder pela sorte deve ter extrema astucia para permanecer, pois o fator sorte é muito desvalorizado no mundo da política, entãoele deve arquitetar a todo momento atos. Algumas atitudes devem ser de praxe quando se assume estar função, são elas: fazer amizades, conquistar pela força e fraude; fazer-se temido e amado; destruir os inimigos; inovar sobre antigos costumes; extinguir e substituir uma antiga milícia; fazer coligações; ser generoso e liberal para que seja amado pelo povo.
CAPITULO VIII
É coerente analisar oobjetivo, mas, a chegada ao poder pelo crime é uma ato que não merece veneração, a mesma que se dar aos ilustres príncipes, não se pode dar valor e gloria a quem chegou ao poder por este viés.
Entretanto, para a permanência no poder, é preciso que essa característica não seja evidenciada por tão cedo, e que as virtudes apareçam. Porque, o príncipe deve saber que se for para ele fazer o mal que o...
tracking img