Literatura na escola

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1080 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
TEMA
Literatura na Educação Infantil e Séries Iniciais do Ensino Fundamental

PROBLEMA
Visto que em diversas pesquisas, o número de adultos analfabetos funcionais só faz crescer, a falha só poderá estar na escola, que tem a função de formar leitores competentes e por motivos diversos está deixando isso a desejar. Pois se a escola não desenvolver um trabalho efetivo, no sentido de despertar ointeresse, o gosto e o prazer pela leitura, esses índices alarmantes só irão crescer.
JUSTIFICATIVA

OBJETIVOS:
Despertar o prazer pela leitura, trabalhando com o imaginário das crianças através dos contos.

FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
Muitos estudos mostram que na antiguidade não se conhecia a infância tal como ela é hoje. A criança era tratada como um adulto em miniatura e era obrigada avivenciar desde muito cedo o mundo desses adultos, não tendo um espaço e um tempo apropriado para ser criança.
Na literatura não era diferente. As historias eram produzidas para o público adulto com todas as características a estes apropriadas, não respeitando em momento algum a inocência, a fantasia, a sensibilidade da criança.
ARIÉS diz que nesta época, a escola também não era destinada àscrianças, mas a um pequeno número de cléricos e eram misturadas todas as idades (pg 100, 1981). Portanto, para a leitura das crianças eram usados documentos como a Constituição, Códigos de Lei e na maioria das vezes a Bíblia.
A concepção de infância surge a partir do século XVII e com a chegada do capitalismo, a criança passa a ser vista de maneira diferente dos adultos e surge então a necessidade dese moldar estes pequenos seres à fim de atender as exigências da sociedade brasileira.
No século XIX a criança passa a ser considerada como um ser frágil que precisade cuidados específicos para sua formação.
Só à partir desta nova concepção de infância é que começam a surgir literatura apropriada, com livros adequados aos primeiros anos de escolarização.
Então, as histórias deixam de sertrágicas e até violentas dando lugar a fantasia e aos sonhos, acabando sempre com final feliz.
Também à partir daí a literatura passa a ter cunho pedagógico, sendo usadas para passar ensinamentos, ensinar conteúdos e impor modelos.
Foi com Monteiro Lobato, entre as décadas de 20 e 50 que os livros tiveram real inovação, propondo a leitura sem compromisso, a leitura pelo prazer.
As histórias sãode fundamental importância para o desenvolvimento do indivíduo. Após os anos 50, com a popularização dos livros, o público infantil passou a ter maior facilidade de acesso a diversas obras literárias, com grande número de veículos de comunicação, propiciando a leitura pelo mero prazer.
Apesar de tamanha facilidade de acesso em pleno século XXI, estudos mostram que o hábito da leitura é muitoinferior ao desejável e que as práticas escolares restringem o uso da leitura à formação de leitores.

METODOLOGIA
Baseado na prática constante da leitura em ambiente escolar, buscou-se solucionar problemas desde pedagógicos até comportamentais, criando ambientes favoráveis à leitura, tais como a própria sala de aula numa configuração mais descontraída, cantinho da leitura, biblioteca, teatro defantoche, a biblioteca e até o gramado do pátio da escol, criando assim, situações que enriquecem a prática pedagógica e estimularam as crianças na busca a mais livros e novas leituras.

APLICAÇÃO DO PROJETO

4.1 HISTÓRIA SEM FIM

O personagem deste filme realiza a leitura de um livro e através desta consegue vivenciar a história de um guerreiro vencendo seus medos e insegurança.Assim as crianças puderam compreender que através dos livros podemos ser guerreiros, príncipes, bruxas, rainhas de acordo com a nossa imaginação.
Durante a apresentação os alunos comentaram entre si que o personagem do filme era capaz de se comunicar com o personagem do livro, fazendo parte da história. Ao terminar o filme foi realizada uma discussão e os alunos perceberam que podem...
tracking img