Literatura de cordel

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (314 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Literatura de Cordel

Também conhecida no Brasil como folheto, remonta ao século XVI, quando o Renascimento popularizou a impressão de relatos orais é um gênero literário popular escritofrequentemente em rimas.
Geralmente as estrofes têm dez, oito ou seis versos.
A literatura de cordel começa com o romanceiro do renascimento e foi se desenvolvendo até a idade contemporânea.Esse nome veio da forma que era vendido em Portugal, pendurados em cordas e barbantes.
E o folheto veio para o Brasil com Portugal durante a época da colonização.
Na segunda metade doséculo XIX começaram as impressões dos folhetos no país, em base os temas eram sobre religião, lendas e episódios históricos.
Tendo em 1988 a fundação da Academia Brasileira de Literatura de Cordel,com sede no Rio de Janeiro.

História
Originária de Portugal onde os poetas eram denominados trovadores que, quando declamavam eram acompanhados por uma viola tocada por eles mesmos.Marcando também a cultura da França e da Espanha. No Brasil, é típica da região Nordeste.

Características
Esquema de rimas, geralmente ABCBDB. E alguns poemas recebem ilustrações relacionadasaos versos. As estrofes podem ser de seis, oito ou dez versos, sendo que os de dez são os mais comuns.

Confecção dos Livretos
A fabricação dos livretos é praticamente manual e feita pelopróprio autor. Normalmente contem de oito a trinta e duas páginas, que medem 11x16cm, a maioria é confeccionado artesanalmente, a capa é feita em xilogravura, que é um trabalho artesanal onde suamatriz é de madeira, um processo idêntico ao de um carimbo.

Temática
É basicamente voltado para acontecimentos do cotidiano, contando historias de amor, luta, crenças populares, mistério, enfimé uma reflexão sobre a sociedade. É a maneira de expressar a originalidade de um povo, de uma terra, dos costumes e da luta diária em busca da felicidade e do fim da fome e da miséria em que...
tracking img