Literatura de cordel

[pic]

SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
LETRAS

LITERATURA DE CORDEL

Coxim
2010

LITERATURA DE CORDEL

Trabalho apresentado ao Curso (letras) daUNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para a disciplina [Teoria da literatura].

Prof. Neuza Ceciliato

Coxim

2010

INTRODUÇÃO

Esse trabalho tem comoobjetivo tornar evidente o que vem a ser a literatura de cordel, bem como seus principais autores e obras, suas origens, definições, meios de divulgação e suas principais características.DESENVOLVIMENTO

Literatura de Cordel

A literatura de Cordel tem esse nome porque em Portugal, os textos eram expostos ao povo amarrados em cordões, estendidos em mercados populares e até nas ruas.É um tipo de poesia popular que é impressa em folhetos simples, expostos em cordas ou cordéis.
São escritos de forma rimada e alguns ilustrados com xilogravuras que são gravuras em relevo sobreuma prancha de madeira, também usadas nas capas.
As estrofes mais utilizadas são as de dez, oito e seis versos, onde os cordelistas recitam esses versos de forma melodiosa, muitas vezesacompanhados de violas, da mesma maneira que fazem leituras ou declamações empolgadas e super animadas para conquistar o máximo de compradores que puderem.
Os temas da literatura de cordel visam fatos docotidiano, lendas, religião e fatos históricos. Praticamente qualquer assunto pode virar literatura de cordel, só depende do poeta.
No Brasil, a literatura de cordel chegou através dos portugueses, e foi se tornando popular. Hoje, encontramos a literatura de cordel principalmente na região Nordeste, onde são vendidas em feiras populares, casas de cultura e até mesmo livrarias.
Por ter umpreço acessível, retratarem fatos do cotidiano e terem um teor humorístico, fazem sucesso nos estados como Pernambuco, Ceará, Alagoas, Paraíba e Bahia.
Um dos poetas que fez mais sucesso foi...