Inteligencia competitiva

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2340 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
inteligencia competitiva

SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
bacharelado em administração


atividade de PORTFÓLIO
Inteligência Competitiva

Alegrete/RS
2010

atividade de portfólio
Inteligência Competitiva

Trabalho apresentado ao Curso Bacharelado em Administração da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para a disciplina Inteligência Competitiva.

Orientador: LuisClaudio Perini


Alegrete/RS

“Qual o papel do administrador em uma empresa usando da Inteligência
Competitiva e da Tecnologia de Informação para determinar os
Planejamento Estratégico de Sistemas de Informação de uma
organização?”

O significado atual de competitividade engloba não somente a excelência de desempenho ou eficiência técnica das empresas ou produtos; compreende,também, a capacidade de desenvolver processos sistemáticos de busca por novas oportunidades, e superação de obstáculos técnicos e organizacionais via produção e aplicação de conhecimento. A gestão da inovação busca reunir os mecanismos e instrumentos, assim como as metodologias e formas de organização, que possam garantir a capacidade de inovar das organizações.
Competitividade não é um atributoexclusivamente interno às organizações, depende também do ambiente externo a elas. Da mesma forma, o desenvolvimento da capacidade de inovar não depende apenas de elementos internos das empresas, há sempre componentes dados pelo ambiente externo e decisões, que precisam ser tomados relativamente a ele. A capacidade de inovar depende também de condições objetivas dadas pela capacidade social de criarconhecimento do ambiente em que se insere a organização, incluindo a existência de competências específicas, de financiamento e de baixos custos de transação. Em outras palavras, da existência de sistemas de inovação bem constituídos (Lundvall, 2001).
Há, portanto, pelo menos dois níveis para se executar gestão da inovação. Um interno às organizações, ligado aos processos de identificação econstrução de competências essenciais (core competences, Prahalad e Hamel, 1998), codificação e circulação do conhecimento, identificação de oportunidades e execução de uma estratégia adequada de integração desses processos com a P&D e a produção. E um nível externo à organização, ligado à capacidade de contratar e vender competências, captar recursos financeiros e interagir com organizações quepossam contribuir para a produção interna de conhecimento na empresa, tais como universidades, institutos de pesquisa, fornecedores e mesmo empresas concorrentes. Nesse contexto, o aparecimento da "organização em rede" é emblemático. A "sociedade do conhecimento, sociedade da informação ou economia do conhecimento" (Castells, 1996) é caracterizada pela explosão nos fluxos de informação e pelocompartilhamento de competências em redes estruturadas com atores heterogêneos intra e inter organizações. A noção de rede faz contraponto à visão tradicional do ambiente concorrencial, como um arquipélago de empresas em total isolamento, e do ambiente organizacional, como uma hierarquia taylorista de comandantes e comandados. A rede seria uma representação mais realista do ambiente que vem tomandoforma desde a revolução das tecnologias de informação, iniciada na década de 1970, a expansão das empresas transnacionais e o fortalecimento das empresas intensivas em conhecimento. A "organização em rede" é ainda um tipo ideal, uma representação. Porém, a importância dessa abstração é indicar que uma nova lógica de organização, com atributos como horizontalidade, responsabilidades compartilhadas,procedimentos interativos de decisão e com parcerias com diversos atores externos, é uma tendência inerente que reflete mudanças de fundo nos meios de produção e nas bases da competitividade. Essa tendência transformada em processo consciente e intencional nas organizações configura o atributo de networking. Os processos de decisão nessa nova lógica – a lógica da rede – tendem a ser cada vez mais...
tracking img