Idoso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (256 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Não há dúvidas de que o Estatuto do Idoso, sancionado em 1º de outubro de 2003, foi uma grande conquista na vida das pessoas idosas. Principal referêncialegal para os direitos desse significativo contingente da população, o Estatuto regulamenta e torna claros os direitos das pessoas com mais de 60 anos.O artigo 9º do Estatuto assegura que é obrigação do Estado garantir à pessoa idosa proteção à vida e à saúde, mediante a efetivação de políticas sociaispúblicas que permitam um envelhecimento saudável e em condições de dignidade. Com o desenvolvimento tecnológico da medicina, houve um aumento da expectativa de vidado brasileiro. Isso implica em mais gastos com a Previdência Social, medicamentos e mais atenção a esta parcela da população que vem crescendo cada vez mais.A partir desta realidade nota-se a falta de mais políticas públicas na área de Saúde e também na Educação. Onde constatamos que essa obrigação do Estado nãovem se concretizando. No convívio familiar há o respeito, o carinho e as melhores condições de vida que cada indivíduo idoso necessita. O Estado assumirá aresponsabilidade quando não houver condições de manter a pessoa de idade avançada no convívio com a família. E na sua maioria tanto as famílias como a sociedade nãosão suficientes para garantir estes direitos aos idosos, deixando para o Estado toda a responsabilidade de efetivar estas políticas. Cabendo por tanto a estamesma sociedade propor ainda mais políticas públicas a favor do idoso, além de fiscalizar se essas mesmas políticas foram realmente implementadas. |
|
tracking img