Gurus da qualidade - deming

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3009 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

A Gestão da Qualidade como a conhecemos hoje foi construída a partir de diversas teorias, ferramentas e métodos, desenvolvidos por diferentes pessoas em situações variadas. É importante reconhecer que essas teorias, ao invés de substituírem às anteriores de acordo com seu surgimento em ordem cronológica, somam-se umas às outras, agregando e aperfeiçoando conhecimentos.Um dos maiores contribuidores da área foi o Dr. William Edwards Deming, conhecido como o pai do renascimento industrial no Japão e um dos maiores “gurus” da qualidade. Muitos de seus conceitos ainda são amplamente difundidos em todo o mundo, sendo que alguns deles são considerados referência na prática da qualidade.
O presente trabalho acadêmico tem por objetivo demonstrar a importânciado trabalho de Deming. Através da exposição de sua biografia, das principais ferramentas por ele desenvolvidas, de suas teorias e ensinamentos, pretende-se evidenciar suas contribuições e influência no campo da Qualidade.
A metodologia utilizada para tanto foram a pesquisa teórica, a análise do histórico e de algumas aplicações práticas de seus ensinamentos.

BIOGRAFIANascido em 14 de outubro de 1900, em Sioux City, Iowa, William Edwards Deming graduou-se em Física, na Universidade do Wyoming, em 1921. Em 1928, doutorou-se em Matemática pela Yale University.
Foi um dos fundadores das bases do Controle Estatístico e criou uma nova metodologia de administração. Durante a Segunda Guerra Mundial, trabalhou no Census Bureau dos Estados Unidos da América, tendo aoportunidade de colocar em prática suas teorias. Entretanto, após a vitória dos EUA, que se tornou o maior produtor mundial, os ensinamentos de Deming foram esquecidos.
Até que, em 1950, foi convidado a aplicar e dirigir seu método no Japão, que saíra da guerra derrotado e humilhado. A aplicação de seus conceitos causou um impacto tão grande que, até hoje, Deming é conhecido como pai domilagre industrial japonês.
Como forma de homenagem e agradecimento por seus ensinamentos, Deming foi condecorado pelo imperador do Japão com a Medalha de 2ª Ordem do Sagrado Tesouro, honraria mais elevada já concedida a um estrangeiro. Além disso, a JUSE (Japan Union of Scientists and Engineers) criou o Prêmio Deming, que premia as melhores empresas no ramo da qualidade todos os anos.Ironicamente, Deming só foi reconhecido por seu país de origem na década de 80, quando, em 1986, o então presidente Reagan concedeu-lhe a Medalha Nacional de Tecnologia. No mesmo ano foi lançado o livro “Saia da Crise” (Out of the Crisis), obra responsável pela consolidação de Deming como o grande “guru”[1] da qualidade.
Deming atuou por mais de 40 anos como consultor, escritor eprofessor da Stern School of Business (Nova Iorque). Em sua homenagem, foi instituído o Edwards Deming Institute. Morreu aos 93 anos, em 1993.

HISTÓRICO

Os princípios de gerência criados por Deming, como se viu, foram primeiramente desenvolvidos no Japão a partir dos anos 50 – os EUA somente os adotaram na década de 1980, após o chamado “milagre japonês”. Tais princípios foramdesenvolvidos pelos japoneses, especialmente a JUSE (Japanese Union of Scientists and Engineers), dando origem a uma estratégia de gestão chamada de Gestão da Qualidade Total (TQM – Total Quality Management), definida por Joseph Philips como “um processo que envolve todos os funcionários de uma empresa para aumentar a produtividade”[2].
É importante ressaltar que não foi por acaso que os conceitosde Deming se desenvolveram no Japão. Como ensina Marília Xavier Cury, aquele país, no período pós-guerra, proporcionou o contexto cultural e econômico necessários para implantar as ideias de Deming.
Sua teoria propôs uma revolucionária mudança de enfoque, confrontando pontos de vista comparados por Cury:

“Deming propôs que, aumentando a qualidade, aumenta-se a produtividade,...
tracking img