Guerra civil bizantina de 1341-1347

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (489 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A Guerra Civil Bizantina de 1341-1347, também chamada de Segunda Guerra Civil Paleóloga[1] foi um conflito que irrompeu após a morte de Andrônico III Paleólogo sobre a guarda de seu filho de noveanos - e herdeiro do trono bizantino - João V Paleólogo. De um lado estava o principal ministro de Andrônico III, João VI Cantacuzeno e, do outro, a imperatriz-mãe Ana de Savoia, o patriarca deConstantinopla João XIV Calecas e o megas doux Aleixo Apocaucos. A guerra polarizou a sociedade bizantina em classes sociais, com a aristocracia apoiando Cantacuzeno e as classes média e baixa apoiando o grupode regentes. De forma menos acentuada, o conflito também teve contornos religiosos, pois o império estava, na época, envolvido na controvérsia hesicasta e a aderência às doutrinas místicas doshesicastas geralmente equivalia a apoiar Cantacuzeno.

Como principal conselheiro e amigo mais próximo do imperador Andrônico III, Cantacuzeno se tornou o regente do menor João V quando ele morreu emjunho de 1341. Enquanto Cantacuzeno estava fora da capital em setembro do mesmo ano, um golpe de estado liderado por Aleixo Apocaucos e pelo patriarca João XIV conquistou o apoio da imperatriz-mãe Ana eestabeleceu uma nova regência. Em resposta, o exército de Cantacuzeno e seus aliados o proclamaram como co-imperador em outubro, cimentando assim o cisma entre ele e a nova regência. A disputaimediatamente escalou para um conflito armado.

Durante os primeiros anos da guerra, as forças da nova regência prevaleceram. Como resultado de diversas revoltas anti-aristocráticas, principalmente a dosZelotes de Tessalônica, uma grande quantidade de cidades da Trácia e da Macedônia caíram nas mãos dos regentes. Com a ajuda de Estêvão Dushan da Sérvia e de Umur Beg de Aydin, Cantacuzeno conseguiureverter estes ganhos. Por volta de 1345, apesar da deserção de Dushan para a oposição e a retirada de Umur, Cantacuzeno manteve a iniciativa com a ajuda de Orhan I, governante do Emirado Otomano. O...
tracking img