Gravidez na adolescencia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1242 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
GRAVIDEZ NA ADOLESCENCIA
Zenilda Vieira Bruno
Universidade Federal do ceará.
A gestação na adolescência é um problema mundial de saúde pública, pois
atinge principalmente a classe social mais carente e de menor escolaridade, sendo na
maioria das vezes não planejada.
Sabemos que a gravidez nesta faixa etária não é algo novo. Maria teve Jesus
com 15 anos de idade. Porém o grande diferencialé que antes a gestação acontecia
dentro da instituição do casamento. Hoje esta ocorre primeiro, sofre todos os
estresses e algumas vezes os parceiros passam a morar juntos.
Os riscos de gestação na adolescência não são apenas devido ao fator
idade, existem riscos biológicos, porém psíquicos e sociais bastante importantes.
Quanto ao fator idade, podemos considerar duas faixas etárias, aadolescência
precoce de 11 a 15 anos e a tardia de 16 a 19 anos. È na primeira fase que ocorrem
mais riscos. Um fator é a idade ginecológica que é menor, isto é, quanto menor a
diferença entre a idade cronológica da paciente e aquela que teve a primeira
menstruação maior o risco para a gestação, devido a imaturidade da vascularização
uterina, o que acarretaria o parto prematuro ou uma placentainsuficiente. Porém esta
faixa etária coincide com a maior não aceitação da gestação, maior postergação do
início do pré-natal acarretando falta de orientação alimentar, tratamento de anemia,
infecções urinárias ou vaginais, pré-eclampsia e também um trabalho psíquico-social.
A gravidez na adolescência traz mais problemas devido ao início do pré -natal
tardio do que esta se dar numa fase precoce davida reprodutiva.
As patologias mais freqüentes são: pré-eclampsia ou eclampsia, anemia,
infecção urinária ou vaginal e parto pré-maturo. Estas ocorrem, em geral, em
gestações no extremo da vida reprodutiva e na primeira gestação. Podem ser
amenizadas ou evitadas com um pré-natal bem feito.
O tipo de parto independe da idade. È errôneo acreditarmos que a
adolescente não tem “passagem“ e quedeve ter cesariana. Esta tem exatamente a
mesma freqüência da mulher adulta e mais uma vez, se há um bom preparo durante o
pré-natal para o momento do parto, este ocorrerá sem problemas salvo quando existe
a indicação obstétrica formal para o parto abdominal. A maior indicação de cesariana é
a pré-eclampsia, independente da idade e a desproporção céfalo-pélvica é raro em
todas as idades.
Osriscos biológicos para o recém nascidos (RN) são comprovadamente mais
freqüentes nesta faixa etária. A prematuridade e o baixo peso ocorrem mais em filhos
de adolescentes do que de mulheres adultas. Estas são as principais causas de morbimortalidade em RN. Quando o filho é bem aceito será bem cuidado independente da
idade da mãe e esta o amamentará, o vacinará, logo não há motivos paraacreditarmos que os filhos de adolescentes adoeceram mais do que os filhos de
adultas.
Maior do que os riscos biológicos são os psíco-sociais. Em geral, a
adolescente para de estudar e trabalhar, tem sentimentos de diminuição de autoestima, depressão e algumas vezes pensa até em suicídio.
Vários trabalhos mostram que a baixa escolaridade é tanto causa como
conseqüência da gravidez na adolescência.Sabemos que quanto menor a
escolaridade maior probabilidade de ocorrer gestação e que esta faz com que a
adolescente pare de estudar, por vergonha das amigas, pressão da escola e muitas
vezes da família, por punição ou por acreditar que esta é a única maneira da jovem
cuidar do seu filho, ou ainda pressão do parceiro. Os meninos, muitas vezes, param
de estudar para trabalhar, para sustentar anova família.
A própria vida conjugal muda. Em geral, a gravidez ocorre fruto de uma
relação sexual desprotegida de um casal de namorados adolescentes, ou entre

adolescente e um adulto jovem, que resolvem se unir. Outras vezes, a gravidez é fruto
de uma relação não formal e o parceiro não assume a gestação, na maioria destes
casos ocorre o aborto provocado.
Como estas relações...
tracking img