Mortalidade materna

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4056 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Objetivos: determinar a Razão de Mortalidade Materna (RMM) entre mulheres residentes na cidade do Recife, pela análise de todas as declarações de óbito de mulheres na idade entre 10-49 anos. Determinar a taxa de sub-registro e estudar as principais características, causas básicas, classificação e evitabilidade das mortes maternas.
 
Métodos: realizou-se estudo descritivo de basepopulacional, analisando-se todos as declarações de óbito de mulheres entre 10-40 anos e utilizando-se os critérios de Laurenti para classificá-los como declarados ou presumíveis. Estudaram-se os prontuários médicos e os dados de autópsia, quando disponíveis, determinando-se as causas básicas dos óbitos e calculando-se a taxa de sub-registro. A Razão de Mortalidade Materna foi calculada usando asinformações sobre nascidos vivos do SINASC (Sistema de Informações dos Nascidos Vivos). 

Resultados: encontraram-se 144 mortes maternas, sendo 104 declaradas e 44 presumíveis, confirmadas após investigação. A Razão de Mortalidade Materna foi 75,5 por 100.000 nascidos vivos e o percentual de sub-registro foi 27,8%. Observou-se uma predominância de causas diretas, sendo as mais frequentes hipertensão(19%), hemorragia (16%) e infecção (11%). Cerca de 82% das mortes foram consideradas evitáveis por meio de assistência adequada ao pré-natal, parto e puerpério.
 
Conclusões: a Razão de Mortalidade Materna é alta na cidade de Recife, e o percentual de subnotificação permanece elevado. Predominam as causas diretas e os óbitos evitáveis, evidenciando ausência de assistência adequada ao pré-natal,parto e puerpério.

Introdução


A definição clássica de morte materna considera "a morte de uma mulher durante a gestação ou dentro de um período de 42 dias após o término da gestação, independentemente da duração ou da localização da gravidez, devida a qualquer causa relacionada com ou agravada pela gestação ou por medidas tomadas em relação a ela, porém não devidas a causasacidentais ou incidentais".
Essa definição tem sido amplamente questionada nos últimos anos, uma vez que o progressivo avanço tecnológico (por exemplo, técnicas de respiração assistida) tem frequentes vezes conseguido prolongar a vida além desses 42 dias, ocorrendo por exemplo dois, três meses após o parto a morte de uma mulher cuja causa básica esteve diretamente relacionada ao ciclo gestatório.A FIGO recomenda que sejam consideradas como mortes maternas "todas as mortes, independentemente da causa, que ocorram até 42 dias após o término da gestação, e todas as mortes em que tenha sido possível identificar como desencadeante da causa o processo gestacional, até um ano pós-parto". As mortes não obstétricas, portanto, deveriam fazer parte dos cálculos da mortalidade materna,incluindo assim as causas acidentais e incidentais, como por exemplo os homicídios, suicídios e mortes por trauma, que em algumas regiões representam mesmo a causa mais frequente de morte materna.
O conceito de morte materna tardia foi introduzido pela OMS pela 10a Revisão da CID (1994), incorporando parcialmente as recomendações da FIGO e passando a incluir "a morte de uma mulher por causasobstétricas diretas ou indiretas ocorridas entre 42 dias até um ano depois do término da gravidez”.




As mortes maternas obstétricas podem ser classificadas como diretas ou indiretas. As mortes diretas resultam de complicações obstétricas relacionadas à gravidez, parto e puerpério, devidas a intervenções, omissões, tratamento incorreto ou de uma sequencia de eventos resultantes de qualqueruma dessas situações (ex.: hemorragia, infecção puerperal, hipertensão, tromboembolismo, acidente anestésico). Representam ainda a principal causa de morte materna nos países em desenvolvimento. As mortes indiretas decorrem de doenças preexistentes ou que se desenvolvem durante a gestação (intercorrentes) e que não se devem a causas obstétricas diretas, mas que foram agravadas pelos efeitos...
tracking img