Generos textuais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5238 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO



Desde os primórdios, havia como única forma de comunicação a oralidade, algo de estrema importância para interação dos povos. Existiram os que registravam mensagens através de imagens gravadas em pedras ou rochas, como meio de comunicação deixada para futuras gerações. Com a evolução humana veio a escrita, de forma ordenada e contextualizada, tornando-se indispensável àinteração sociocultural.

Nem sempre percebemos, mas a verdade é que em nosso dia a dia convivemos com uma variedade muito grande de textos.A todo o momento nos deparamos com eles, sejam verbais ou não verbais. Nas ruas encontramos cartazes, painéis, panfletos. Em casa, assistimosa telejornais, conversamos com nossos amigos pela internet, e outros.O mais importante de tudo isso é sabermosque não importa quais tipos utilizados, todos eles possuem uma finalidade, um objetivo.

As condições sócio-históricas estabelecem relações não como se vê o “mundo”, mas como se escolhe “dizê-lo”. Diante disso, emergem os gêneros textuais, como defendem diversos autores, como Jauss (1970), Todorov (1980), Canvat (1996), Bakhtin (2000), dentre outros, que os gêneros textuais são“formasrelativamente estáveis tomadas pelos enunciados em situações habituais, entidades culturais intermediárias que permitem estabilizar os elementos formais e rituais das práticas de linguagem” Scheneuwly e Dolz (1999, p.7).

Existem tipos textuais e gêneros textuais. É importante não confundir tipo textual com gênero textual. Os tipos textuais aparecem em número limitado. Já os gêneros textuaissão praticamente infinitos, visto que são textos orais e escritos produzidos por falantes de uma língua em um determinado momento histórico. Os gêneros textuais, portanto, são diretamente ligados às práticas sociais. Alguns exemplos de gêneros textuais são carta, bilhete, aula, conferência, e-mail, artigos, entrevistas, discurso, etc.Assim, um tipo textual pode aparecer em qualquer gênero textualda mesma forma que um único gênero pode conter mais de um tipo textual. Uma carta, por exemplo, pode ter passagens narrativas, descritivas, injuntivas e assim por diante.

É de fundamental importância sabermos classificar e conhecer o papel na sociedade dos textos e gêneros os quais travamos convivência. Portanto trataremos destes no presente trabalho.1. TIPOS DE TEXTOS:



1.1 Texto Argumentativo



Esse texto tem a função de persuadir o leitor, convencendo-o de aceitar uma idéia imposta pelo texto. É o tipo textual mais presente em manifestos e cartas abertas, e quando também mostra fatos para embasar a argumentação, se torna um textodissertativo-argumentativo.

Exemplo: A artificializarão que tanto fez a humanidade ameaçam seus próprios alicerces vitais, como um parasita que põe em risco a sobrevivência de seu hospedeiro. (VEIGA, José Eli Da.Folha de S. Paulo,06 de jan.2008)



Cita argumentos históricos, humanitários, sociais, filosóficos, evolucionistas, e mesmo implicáveis leis da física. Taisargumentos, concatenados, configurarão uma linha de raciocínio, cujo objetivo e levar o leitor a concorda com a tese defendida, a qual e reafirmada no final do texto. (ROQUE;VOLKER, 2011,p .27)



1.2 Texto Narrativo



Tipo textual em que se conta um fato, fictício ou não, que ocorreram num determinado tempo e lugar, envolvendo personagens. Refere-se a objetos do mundo real ou fictício.Há uma relação de anterioridade e posterioridade. O tempo verbal predominante é o passado. Estamos cercados de narrações desde as que nos contam histórias infantis, como o Chapeuzinho Vermelho ou A Bela Adormecida, até as piadas do cotidiano.

Exemplo: “O corpo da pobre vaca passou a ser uma orgia de crescimento. Os bernes só falavam numa coisa: “é preciso crescer!”(ALVES, Rubem. fodelha São...
tracking img