Fruticultura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2208 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
CARRIJO, O.A.; LIZ, R.S.; MAKISHIMA, N. Fibra da casca do coco verde como substrato agrícola. Horticultura Brasileira, Brasília, v. 20, n. 4, p. 533-535, dezembro 2002.

Fibra da casca do coco verde como substrato agrícola
Osmar Alves Carrijo1; Ronaldo Setti de Liz2; Nozomu Makishima1
1 2

Embrapa Hortaliças, C. Postal 218, 70.359-970 Brasília–DF; E-mail: carrijo@cnph.embrapa.br; Aluno deAgronomia. Faculdade da Terra, Brasília-DF. Bolsista da Embrapa Hortaliças

RESUMO
A produção comercial de mudas e o cultivo sem solo de hortaliças estão se tornando práticas comuns entre os olericultores. Vários materiais orgânicos como as turfas, resíduos de madeira, casca de pinus e de arroz parcialmente carbonizada ou não, ou materiais inorgânicos como areia, rochas vulcânicas, perlita, lãde rocha e a espuma fenólica já são utilizados como substratos, isoladamente ou em composição. A casca de coco verde que em muitas regiões causa transtorno ao serviço de limpeza pública pelo volume e pela dificuldade de decomposição produz uma fibra que pode ser utilizada como substrato. Para a produção da fibra, a casca de coco verde é picada, desfibrada, triturada, lavada e secada. Para o usocomo substrato na produção de mudas, a fibra deve passar por um processo de compostagem. Este processo não é necessário para o uso como substrato em cultivo sem solo, mas no entanto, o substrato necessitará ser enriquecido com nutrientes em pré-plantio ou em fertirrigação. O uso do substrato da fibra de coco verde na produção de tomate em casa de vegetação, alcançou, em termos absolutos, 13,2 kg m-2de frutos comerciais (média de 3 anos) cerca de 7,3% mais que o segundo melhor substrato, o pó de serra com 12,3 kg m-2. Palavras-chave: cultivo sem solo, fertirrigação.

ABSTRACT
Fiber of green coconut shell as an agricultural substrate Commercial seedling production and vegetable soilless cultivation are becoming common techniques among vegetable growers around the world. Several organicmaterials as peat, wood residue, pine bark, rice husk, or inorganic materials as sand, volcanic rocks, perlite, rockwool have been used alone or in mixture with others. Green coconut shells are becoming a major problem for the litter public service in many cities in Brazil, due to the large amount of material and its slow decomposition process. Recently, fibers extracted from coconut shells are beingused as substrate. The coconut shells for the substrate production need to be cut, disintegrated in fibers, washed, dried and ground. For seedling production the manufactured coconut fiber substrate needs to be composted. The composting process is not necessary for flowers and vegetable soilless cultivation, but nutrients should be added in pre-plant or by fertigation. Tomatoes cultivated oncoconut fiber substrate produced 13,2 kg m-2 of marketable fruits (three years average). This production was about 7,3% more than the production on sawdust (12,3 kg m-2). Keywords: soilless cultivation, fertigation.

(Recebido para publicação em 08 de novembro de 2001 e aceito em12 de setembro de 2002)

O

consumo da água de coco verde no Brasil é crescente e significativo. A grande demanda ésuprida, principalmente, pela extração da água do fruto in natura. No ano de 2000 já haviam no país cerca de 80 indústrias de pequeno e três de grande porte, envasando a água de coco que concorre diretamente com o mercado de refrigerantes. Segundo a Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação (ABIA) são consumidos no país 10 bilhões de litros/ano de refrigerantes. O consumo de água de cocorepresenta 1,4% deste mercado ou seja 140 milhões de litros. Este volume é considerado ainda muito pequeno pela Associação Brasileira dos Produtores de Coco (ASBRACOCO) que pretende atingir 5% deste mercado ou seja, 500 milhões de litros/ano (Brasil, 1998). A casca de coco verde, subproduto do uso e da industrialização da água de coco, é depositada em lixões e às margens de estradas. É um material...
tracking img