Resumo de pnrs

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1051 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Triste fim de Policarpo Quaresma
Sobre o autor
 
Afonso Henriques de Lima Barreto (Rio de Janeiro, 13 de maio de 1881 - Rio de Janeiro, 1 de novembro de 1922), melhor conhecido como Lima Barreto, foi umjornalista e um dos mais importantes escritores libertários[1] brasileiros.
Era filho de João Henriques de Lima Barreto (negro nascido escravo) e de Amália Augusta (filha de escrava agregadada família Pereira Carvalho). O seu pai foi tipógrafo. Aprendeu a profissão no Imperial Instituto Artístico, que imprimia o periódico "A Semana Ilustrada". A sua mãe foi educada com esmero, sendo professora da 1ª à 4ª séries. Ela faleceu quando ele tinha apenas 6 anos e João Henriques trabalhou muito para sustentar os quatro filhos do casal. João Henriques era monarquista, ligado aovisconde deOuro Preto, padrinho do futuro escritor. Talvez as lembranças saudosistas do fim do período imperial no Brasil, bem como as remotas lembranças da Abolição da Escravatura na infância tenham vindo a exercer influência sobre a visão crítica de Lima Barreto sobre o regime republicano.
 Personagens
 
POLICARPO QUARESMA – o protagonista, cuja principal característica é o nacionalismo exacerbado. Naspalavras do autor, “um homem pequeno, magro, que usava pincenez, olhava sempre baixo, mas, quando fitava alguém ou alguma cousa, os seus olhos tomavam, por detrás das lentes, um forte brilho de penetração, e era como se ele quisesse ir à alma da pessoa”. Policarpo vestia-se sempre de fraque, “e era raro que não se cobrisse com uma cartola de abas curtas e muito alta, feita segundo um figurinoantigo”. 
ADELAIDE – mulher bonita, mas de temperamento apático. Irmã de Policarpo, tem enorme apreço por ele. 
VICENTE COLEONI – italiano, grande amigo do protagonista, com quem tinha uma dívida de gratidão: Policarpo lhe emprestara dinheiro uma vez, tirando-o de grande dificuldade.
OLGA – filha de Vicente Coleoni, afilhada de Policarpo, vivia com o pai num palacete em Real Grandeza.

ANASTÁCIO –empregado fiel que se muda, com Adelaide e Policarpo, para o sítio Sossego.

RICARDO CORAÇÃO DOS OUTROS – violonista popular, outro grande amigo de Policarpo.

GENERAL ALBERNAZ – general aposentado, nunca participou de nenhuma guerra. Tem cinco filhas: Quinota, Zizi, Lalá, Vivi e Ismênia. 
CONTRA-ALMIRANTE CALDAS – grande amigo do general Albernaz, com quem partilha glórias inventadas. Nuncacomandou navio nenhum, a única embarcação que lhe foi designada não existia.

DONA MARICOTA – mulher de Albernaz, figura altiva e opulenta. 

ARMANDO BORGES – médico que se casa com Olga, corrupto e ambicioso, é desprezado pela esposa.

FELIZARDO E CANDEEIRO – empregados do sítio Sossego. 

TENENTE ANTONIO DUTRA – homem gordo e guloso, um escrivão cheio de ambições políticas, usa a imprensada cidade de Curuzu para atacar Policarpo.

DOUTOR CAMPOS – médico que abandonara a profissão para se tornar político. Obtém o cargo de presidente da Câmara de Curuzu. Tenta corromper Policarpo e em seguida se torna seu inimigo porque esse se recusa a tomar parte na armação.
 Tempo
 
Trata-se de um tempo cronológico.
Retrata  datas e convenções próprias para estabelecer o tempo.
O autorainda  faz referências ao relógio, horas exatas em toda a obra.
 Espaço
 
A história ocorre durante o governo de Floriano Peixoto, em 1894, na cidade do Rio de Janeiro. O personagem principal, quando não estava trabalhando em casa, muda-se para uma fazendo no Curuzu.
 Enredo
 
A questão da identidade nacional brasileira é difícil. Se, na Europa, esse tema se construiu sobre tradiçõespopulares ancestrais, no Brasil, por falta delas, ele foi, inicialmente, lapidado em cima de um passado inventado pelos escritores do Romantismo, de modo idealizado.
A conjunção harmoniosa de índios, negros e europeus, a sobreposição de valores, a construção do herói modelar, o triunfo do bem são, na realidade, a repetição ingênua dessa identidade forjada e, portanto, falhada. É nesse ponto que...
tracking img