Fisiologia Envelhecimento

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1743 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de novembro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
 Fisiologia do Envelhecimento
Quando envelhecemos começamos a apresentar perda em estrutura. Essa perda de ordem de 1 cm por década aproximadamente começa acontecer em torno dos 40 anos de idade. Ocorre a diminuição dos arcos do pé, ao aumento das curvaturas da coluna e também a uma diminuição no tamanho da coluna vertebral por causa da perda de água dos discos intervertebrais decorrentes dosesforços de compressão.
O idoso apresenta muitas alterações, que são o aumento dos diâmetros da caixa torácica e do crânio, a continuidade do crescimento do nariz e do pavilhão auditivo. Ocorre também aumento do tecido adiposo, principalmente em regiões características como a região abdominal. O teor de água corporal diminui, pela perda hídrica intracelular, há perda de potássio. Esses fatos levamo idoso a perder massa corporal, afetando vários órgãos, como os rins e o fígado, mas os músculos são os que mais sofrem com essa perda de massa com o passar do tempo. A pele fica menos elástica por causa da alteração da elastina e ocorre diminuição da espessura de pele e do tecido subcutâneo, levando ao aparecimento das rugas, ocorrendo também alterações nos melanócitos, que são células que dãoa cor à pele, que levam a formação de manchas, hiperpigmentadas, marrom e lisa, principalmente na face e dorso da mão.
Sistema locomotor
Segundo Freitas et al (2002), a dinâmica do aparelho locomotor sofre importante modificação, reduzindo amplitude dos movimentos, modificando a marcha caracterizada, então, por passos curtos e mais lentos e, não raro, pelo arrastar dos pés. Os movimentos dosbraços perdem em amplitude e tendem a se manter mais próximos do corpo
Para Vandervoort (2000, p. 69) a redução das capacidades de reserva do aparelho locomotor que acompanha o envelhecimento é devido à perda de células capazes de funcionar normalmente, à medida que passa o tempo. Tanto o sistema nervoso como a musculatura por ele controlada, o tecido conjuntivo e os ossos que servem de alavancaspara os movimentos, são tecidos formados por células especializadas. No decorrer do tempo, essas células ou degeneram completamente ou mudam de estrutura
Segundo Guccione (1993), as alterações ligadas à idade modificam não apenas o tendão, mas também as enteses. Essas alterações tornam o idoso mais vulnerável à lesão dos tendões por reduzirem a distensibilidade do colágeno e das fibraselásticas quando pressionadas até a atividade vigorosa completa.
Sistema cardiovascular
Para Sherphard (apud AMERICAN COLLEGE OF SPORTS MEDICINE, 1994, p.21 291-292) as alterações fisiológicas, através dos anos são consideradas normais fisiológicas da freqüência cardíaca, consumo máximo de oxigênio, músculo esquelético osso flexibilidade e a composição total do corpo. Com o passar dos anos ocorre algumaperda de condicionamento fazendo com que a freqüência cardíaca aumente um pouco além da faixa do adulto, em muitas pessoas mais velhas, essa tendência é exacerbada por um decréscimo no volume sistólico, o qual aparece associado com estreitamento vascular coronariano e torna-se particularmente evidente nas freqüências de trabalho aumentadas, quando o suprimento de oxigênio não atinge mais asdemandas cardíacas. A razão principal para a diminuição na freqüência máxima com o envelhecimento é a rigidez aumentada das paredes ventriculares e lentidão do enchimento ventricular.
De acordo com American college of sports medicine (1994), a razão principal para a diminuição na freqüência máxima com o envelhecimento é a “rigidez” aumentada das paredes ventriculares e lentidão do enchimentoventricular. A elasticidade dos principais vasos sanguíneos declina com o envelhecimento; resultam, então, pressões sanguíneas mais elevadas ao repouso e durante o esforço. O aumento na pressão sanguínea de repouso e de exercício freqüentemente atinge um nível máximo dos 65 aos 70 anos.
Sistema sensorial
Katzman e Terry (apud PICKLES et al 1998) dizem que uma das alterações mais freqüentes é a...
tracking img