Farmacologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4064 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Faculdade Anglo-Americano de Foz do Iguaçu
Portaria do MEC nº 2.736, de 25/09/2002 – DOU de 27/09/2002

FACULDADE ANGLO-AMERICANO

CURSO DE FARMÁCIA

Acadêmica

Rosani Zanatta Dias

CURSO DE EXTENSÃO FARMACOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO CENTRAL

1) Defina Agonista, Agonista Parcial, Antagonista.
Agonista:
Quando ummúsculo é o agente principal na execução de um movimento.
Agonista parcial:
É aquele que estimula um receptor com menor potencial que a estimulante original endógeno
Antagonista:
Quando um músculo se opõe ao trabalho de um agonista, seja para regular a rapidez ou potência da ação deste.

2) Quais os mecanismos de antagonismo? Esquematize em forma de gráficos.
R: Antagonista- Fármaco que reduz o efeito produzido por outro fármaco, geralmente um agonista, isoladamente não produz qualquer efeito

Antagonista Competitivo

- competem para o mesmo local de ligação; ligam-se a diferentes locais do receptor que se sobrepõem parcialmente; ligam-se a diferentes locais do receptor mas a ligação do antagonista promove alterações no local de ligação do agonista, impedindoa sua ação.

Antagonista Não Competitivo

- A ligação do antagonista reduz ou impede a ação do agonista, não competem o mesmo sítio de ação.

[pic]

Antagonista Reversível

- Ligação reversível do antagonista, é possível reverter o antagonismo por aumento da concentração do agonista

[pic]

Antagonista Irreversível

- Ligação irreversível do antagonista, na ausência de receptoresde reserva, o aumento da concentração do agonista não reverte o antagonismo.

[pic]

Antagonista Químico

- O antagonista interage quimicamente com o agonista; impede a ligação do agonista ao receptor.

[pic]

Antagonista Fisiológico

- O antagonista interfere na resposta produzida após ligação do

agonista ao receptor; produz um efeito oposto ao do agonista, por mecanismosdiferentes.

[pic]

3) Diferencie os sinais e sintomas do Sistema Nervoso Autônomo Simpático e Parassimpático, cite seus respectivos receptores e neurotransmissores.
Sistema Nervoso Autônomo Simpático:
Contrai a pupila, inibe a salivação, relaxa os brônquios, acelera os batimentos cardíacos, inibe a atividade do estomago e do pâncreas, estimula a liberação de glicose pelo fígado, estimula aprodução de adrenalina e noradrenalina, relaxa a bexiga, promove a ejaculação.
Sistema Nervoso Autônomo Parassimpático:
Contrai a pupila, estimula a salivação reduz os batimentos cardíacos, contai os brônquios, estimula a atividade do estomago e do pâncreas, estimula a veicula biliar, contrai a bexiga, promove a eressao.

4) Explique as principais hipóteses da fisiopatologia dadepressão e exemplifique os sinais e sintomas da Depressão Maior.
As primeiras hipóteses biológicas foram da deficiência de catecolaminas, logo seguida pela hipótese da deficiência de indolaminas. Esta hipótese postulava, em síntese, que a depressão seria o resultado de um déficit central de noradrenalina, e que a mania poderia dever-se a um excesso cerebral desse neurotransmissor. A depressão estariarelacionada ao hipofuncionamento bioquímico da atividade de neurotransmissores, notadamente da serotonina, noradrenalina e dopamina. E de fato, a hipótese de hipofuncionamento dos sistemas de neurotransmissores passou a ser muito questionada depois que alguns produtos, incluindo os antidepressivos, agiam melhorando a depressão, concomitante ao aumento desses neurotransmissores que produziam. SINAIS E SINTOMAS:
A depressão maior caracteriza-se por um conjunto de sinais e sintomas, que duram pelo menos duas semanas sem apresentarem melhora significativa. Para definir-se esse diagnóstico, devem ser encontrados sintomas de pelo menos cinco das seguintes categorias:
• Humor persistentemente deprimido, triste, angustiado ou sentimento de vazio;
• Sentimentos de...
tracking img