Faringite

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5714 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Índice Geral




Resumo 2


Ibuprofeno - Anti-Inflamatório Não Esteróide (AINEs) 3

Propriedades Farmacológicas 3
Propriedades farmacodinâmicas 3
Informações Clínicas 4
b) Posologia e modo de administração 4
c) Contra-indicações 4
d) Interacções medicamentosas e outras formas de interacção 5
e) Efeitos indesejáveis 5

Ibuprofeno – Escolha da formafarmacêutica 5


Ibuprofeno – Escolha dos excipientes de acordo com a forma farmacêutica e método de fabrico 7

DSC (Differential Scanning Calorimeter) 7
Métodos cromatográficos 8
Edulcorantes 9
Aromatizantes 9
Corantes 9
Agregantes 9
Reagentes usados para a reacção de efervescência: 9
Tabela com os excipientes usados na formulação dos granulados efervescentes 9

Ibuprofeno –Fabrico e seus ensaios de controlo de Qualidade 12

Granulação por fusão 12
Secagem 12
Calibração do granulado 12
Adição dos Corantes, Essências e Absorventes 13
Acondicionamento 13
Fluxograma 13
Controlo de Qualidade 14
Caracteres Organolépticos 14
Ensaios de Resistência 14
Granulometria 14
Humidade 14
Porosidade 15
Uniformidade de Massa dasPreparações Apresentadas em formas farmaceuticas unitárias13 15
Ensaio de Fluidez / escoamento 15
Ensaio de Desagregação 16
Identificação do Ibuprofeno 16
Doseamento 16
Estabilidade Microbiológica 17
Ensaio de Estanquecidade 18

Conclusão 18


Bibliografia 19






Resumo

Ao elaborar o processo de fábrico de uma forma farmacêutica designada,optou-se por criar um laboratório fictício para se poder simular o mais perto da realidade o planeamento da forma farmacêutica a nível de produção, marketing e de controlo qualidade. O laboratório criado foi: LABORATÓRIO QUÍMICO-FARMACÊUTICO.
[pic]


Figura 1 Símbolo do LABORATÓRIO QUÍMICO-FARMACÊUTICO


Foi tomada a decisão de planear o desenvolvimento de 3 granulados efervescentes: dois com umadosagem de 400mg e um de 200mg. Atribui-se o nome de IbuproDor aos medicamentos a fabricar para que o nome fosse sugestivo e fácil de memorizar pelos clientes-alvo. Foi também escolhido por dar maior ênfase a indicação terapêutica mais procurada, o alívio da dor.

Uma das formulações de 400mg destina-se a um público feminino, com especial relevência para o controlo de dores menstruais.Usou-se uma cor rosa na embalagem e no granulado e um sabor a morango para atrair ainda mais as atenções. A outra destina-se ao público masculino. A indicação mais apelativa para este público é a das dores musculares. Optou-se pelas cores verdes e o sabor a hortelã-pimenta, mais uma vez para tornar o granulado mais apelativo. A dosagem de 200mg destina-se a crianças com mais de 7 anos. A corescolhida foi laranja como o sabor, que é bem aceite nesta faixa etária. Assim, com estas formulações pretende-se que cada público se identifique com o medicamento que toma. De seguida, estão representadas a embalagens elaboradas:


[pic]

[pic]

[pic]

Figura 2-4 Embalagens do IbuproDor




Ibuprofeno - Anti-Inflamatório Não Esteróide (AINEs)


O Ibuprofeno é o composto mais usadodos derivados do ácido propiónico (ácido tiaprofénico, Ibuprofeno, naproxeno, fluriprofeno, cetoprofeno, fenbufeno e dexIbuprofeno). Todos estes compostos possuem acção analgésica, antipirética e anti-inflamatória. Esta classe de fármacos inibe a síntese de prostaglandinas, por inibição reversível das duas isoformas da ciclooxigenase (não selectivos), COX-1 e COX-2. A COX-1 é uma enzimaconstitutiva, dispersa nos tecidos (gastrointestinal, renal e plaquetar) que funciona como um regulador homeostático (integridade da mucosa gástrica, função plaquetária e fluxo renal) enquanto que a COX-2 é uma enzima indutível, rapidamente induzida durante a inflamação e tende a promover a resposta inflamatória (dor e febre).1

Propriedades Farmacológicas
Propriedades farmacodinâmicas
Grupo...
tracking img