Psigogenese

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 41 (10213 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
CAPÍTULO I
PSICOGÊNESE E PEDAGOGIA – A TEORIA PSICOGENÉTICA


1.1. Conceito


Psicogenético é o termo empregado para descrever a pedagogia criada a partir das teorias e pesquisas piagetianas. Significa que o processo pedagógico modifica-se sucessivamente, de acordo com o estádio de desenvolvimento mental (psicogênese). O Nível mental da criança é que determina como o professordeve apresentar as situações didáticas, pois, em cada estádio do desenvolvimento a criança tem uma maneira diferente de aprender. Guia-se por quatro linhas fundamentais:

1. Situação Problema: o contínuo desafio à pesquisa, à descoberta e invenção

2. Dinâmica de Grupo: O grupo é o ambiente mais estimulador, que constrói a solidariedade, preservando a individualidade.

3. Tomada deConsciência: Tomar consciência dos mecanismos que utilizou para realizar uma atividade é sua forma de construir a consciência social.

4. A Avaliação: É um processo diagnóstico permanente que auxilia e conduz o desenvolvimento.(KAMII, 1991).




1.2. O Enfoque Psicogenético do Desenvolvimento Humano


A Teoria Psicogenética demonstrou, através dos minuciosos estudos de Jean Piaget, comose dá a gênese e os processos internos do desenvolvimento da inteligência humana. A premissa anterior a esta teoria psicogenética, é a existência de significativa continuidade entre as formações puramente biológicas ou adquiridas e aquelas que constituem o desenvolvimento da inteligência mesma, de forma que a inteligência humana concomitantemente se apoia e utiliza daqueles processos primitivos nasua construção.


"A inteligência não aparece, de modo algum, num determinado momento do desenvolvimento mental, como um mecanismo inteiramente montado, e radicalmente distinto dos que o precederam. Pelo contrário, apresenta uma notável continuidade com os processos adquiridos ou mesmo inatos, provenientes da associação e do reflexo, processos esses em que a inteligência sebaseia, ao mesmo tempo que os utiliza." (Piaget, 1987, p. 31)


Assim, na compreensão do desenvolvimento e da formação do conhecimento, Piaget (1976) encontrou um "processo central de equilibração", que descreve e explica o equilíbrio dos sistemas cognitivos.

Descrição da Teoria da Equilibração Cognitiva


Por um lado, os sistemas cognitivos podem ser consideradosabertos, e por outro fechados. São abertos na medida em que efetuam trocas com o meio, e fechados enquanto formam "ciclos". Para melhor compreender esta noção dialética dos sistemas cognitivos, Piaget (1987) sugere a existência de determinado ciclo, cujas partes constituintes sejam A, B e C, e cujos elementos externos necessários a sua alimentação sejam A’, B’ e C’, existentes no meio. Assim, a formaesquemática desta estrutura seria:
( A X A’) ----> B; (B X B’) ----> C; ...; (Z X Z’) ----> A


Esta característica dos sistemas cognitivos por serem ao mesmo tempo abertos e fechados, conforme estejam em trocas com o meio ou formando ciclos, é de fato, ponto de similaridade aos organismos em seus sistemas biológicos. Entretanto, estes últimos não chegam à elaboração deformas sem a contribuição de elementos externos, ou "exógenos". Por outro lado, os sistemas cognitivos apesar de, em sua maioria, se aplicarem à realidade assimilando conteúdos exteriores, podem se basear apenas nos elementos de sua estrutura. Um exemplo disto são os sistemas formais que podem considerar apenas os temas do próprio pensamento independente de conteúdos exteriores.Isto nos remete à compreensão do que Piaget (1976) considerou como componentes fundamentais no equilíbrio cognitivo:


a) Processo de assimilação: Onde ocorre a relação entre os elementos próprios (A, B, C, ...) e os externos (A’, B’, C’, ...), no qual elementos exteriores incorporam-se a esquemas motores ou conceituais do sujeito. Outra forma de assimilação pode ser a maneira...
tracking img