A oralidade no ensino medio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1843 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O homem e um ser social que por meio da linguagem interage com o mundo em que vive. Dessa forma, entende-se a linguagem como
“uma atividade constitutiva, cujo lócus de realização é a interação verbal (...). A língua e uma destas formas de compreensão do modo de dar-se para cada um de nos os sentidos das coisas, das gentes e de sua relação. E nesse sentido que a linguagem e uma atividadeconstitutiva: e pelo processo de internalização do que nos era exterior que nos constituímos como sujeitos que somos e, (...) no próprio ato de falarmos,de nos comunicarmos com os outros,pela forma como o fazemos,estamos participando, querendo ou não, do processo de constituição da língua.” (GERALDI,2002,p.67)
Sendo assim, pode-se perceber que a linguagem é vista como uma forma de interação e que alíngua faz parte desse processo.
A língua é um produto sócio-cultural que “seja em sua modalidade oral ou escrita reflete,em boa media a organização da sociedade”(MARCUSCHI,2001,p.35) e, de acordo com a concepção que se aborda de linguagem,seja como expressão do pensamento,instrumento de comunicação ou processo de interação,ela sofre variações.Tais variações influenciam tanto a língua quanto osaspectos relacionados a ela tendo em vista que a língua “é uma entidade complexa,um conjunto de subsistências que se integram e se interdependem irremediavelmente.” (ANTUNES,2008,p.40)

A noção de língua ensinada nas escolas demonstram uma pratica voltada para o seu uso “como sistemas de regras, o que conduz o ensino de línguas ao ensino de regras gramaticais’’(MARCUSCHI, 2001, p.28), desprestigiandoa modalidade oral no processo educativo.
Desse modo percebe-se, que as concepções de linguagem estão ligadas ao processo educativo, privilegiando muitas vezes uma forma em detrimento de outra, influenciando o ambiente escolar, o ensino ministrado, os professores e os alunos. Todos aqueles que participam do processo educacional.
Sabe-se que a zona de ensino–aprendizagem de língua portuguesa estarelacionada com duas modalidades da língua: a oral e a escrita porem, no que concerne a oralidade percebe-se que, ainda nos dias de hoje, e vista com descaso no ambiente escolar.
A oralidade e uma pratica social, inerente ao ser humano “[...]e a forma de linguagem que primeiro se adquiri e se domina ,a que ocorre como mais natural a que permite maior espontaneidade e expressividade como suportede comunicação’’(AMOR,1997,p.62)
A língua falada implica no envolvimento entre os interlocutores na interação efetiva entre o receptor e emissor, visando estabelecer as trocas comunicativas entre os falantes. “O modo de comunicação oral (como leitura e escrita) e cruzado por variáveis que conduzem a heterogeneidade dos processos e produtos comunicativos. (AMOR, 1997, p.64).
No contexto escolarpercebe-se que não e dada muita importância as praticas orais. Embora os parâmetros curriculares nacionais-PCN+- (2002) afirmem que “pensar o trabalho com língua portuguesa no ensino médio significa dirigir a atenção não só para a literatura ou para gramática, mas também para a oralidade”(CAVALCANTE;MELLO,2009,p.181-182).
Os PCNs que, de um certo modo poderiam ajudar o professor ,trazem umaabordagem confusa em relação a oralidade,eles propõem situações didáticas nas quais o objetivo e preparar o aluno para falar em publico porem,tais situações não são de fato espontaneamente orais mas sim planejadas previamente.
[...] cabe a escola ensinar o utilizar a linguagem oral no planejamento e realização de entrevistas, debates, seminários, apresentações teatrais etc. trata-se de proporsituações didáticas nas quais essas atividades façam sentido de fato, pois e descabido treinar um nível mais formal da fala, tomando como mais apropriado para todas as “situações
Os livros didáticos, que em 1990 passaram apresentar a teamtica da oralidade, dão a ela uma importância menor
Tudo se passa como se acreditasse que a entrada da escolaridade, o domínio pelo aluno da língua falada já...
tracking img