Exegese atos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 44 (10983 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
STNe-MIPC.
Seminário teológico do Nordeste – Memorial Igreja Presbiteriana da Coréia.



Curso: Bacharel em Teologia.
Período: 5º semestre.
Disciplina: Exegese do NT.
Professor: Rev. Moisés Bezerril.
Aluno: Antonio Gonçalves.
3ºAno: 2010.






Exegese de Atos:
Por Antonio Gonçalves.















Teresina, Pí
Junho/2010


Sumário


I. Introdução 3II. Estudo Panorâmico do Livro 4
a. Autoria 4
b. Pessoa do Autor 4
c. Destinatário 5
d. Local e Data 5
e. Propósito 6
f. Tema 6
III. Esboço do livro 6
a. Comentário do Esboço 8
IV. Texto Grego e Texto Português...................................................................9
V. Análise Manuscritológica ...9 VI.Análise Literária .15
VII. Análise Morfológica .16
a. Considerações gramaticais do Texto .18
b. Comentário conclusivo da análise morfológica .19
VIII. Análise Sintática .20
a. Comentário da relação sintática........................................................22
IX. TraduçãoLiteral..............................................................................................22
X. Traduções Diversas.........................................................................................23
a. Traduções................................................................................................23
b. Comentário das Traduções.................................................................24
XI AnáliseLexicográfica......................................................................................24
XII. Paráfrase.............................................................................................................27
XIII. Comentário Teológico....................................................................................28
XIV. ComentárioHomilético.................................................................................31
XV. Conclusão. 33
XVI. Bibliografia 34











I – Introdução.


Nos nossos dias, temos convivido com várias doutrinas que, de uma forma ou de outra, atestam que o cristão precisa buscar uma segunda benção do Espírito Santo, uma benção posterior a conversão. O problema é que se essa doutrina for verdadeira, poderíamos distinguir pelo menos doistipos de crentes, os batizados com o Espírito Santo e os não batizados pelo Espírito Santo. Logicamente, essa distinção é uma aberração teológica, pois, como veremos não existe um grupo de cristão que não sejam batizados com o Espírito Santo, o receber o Espírito Santo e o crer, nas Escrituras são simultâneos (At 11:17). Portanto, nosso objetivo acadêmico é mostrar através de uma analise exegéticaapurada de Atos 19:3-6, mostrar que não existe uma segunda benção do Espírito Santo, que o recebimento do Espírito Santo é, na verdade, a regeneração, que é uma das partes da Ordo Salutis e que por isso, todos que defendem um batismo com o Espírito Santo, posterior a conversão, labutam em grande erro teológico, ou seja, em heresia.
Por isso, nosso objetivo pessoal é lançar mais luz sobreessa doutrina que o batismo com o Espírito Santo é único, perfeito e realizado na conversão (embora se possa dizer que mais especificamente na regeneração). Nossa proposta é que através de uma analise coerente deste texto (At 19:3-6), possamos demonstrar a verdadeira doutrina bíblica do batismo com o Espírito Santo e conseqüentemente, o porquê dos fenômenos sobrenaturais envolvidos, no batismo como Espírito Santo, no livro de Atos. Que segundo nossa interpretação, era nada mais nada menos que, a confirmação que tanto judeus, como gentios e samaritanos faziam parte da mesma igreja, e que na nova aliança não a distinção de nações, ou seja, a salvação não é mais apenas para os judeus.
Concluindo esta breve introdução, que tem um objetivo meramente elucidativa, precisamos dizer...
tracking img