Estudo dos gases

1.INTRODUÇÃO 04

2.AS TRANSFORMAÇÕES GASOSAS 05

2.1.TRANSFORMAÇAÕ ISOTÉRMICA 05

2.2.TRANSFORMAÇAO ISOBARICA 05

2.3.TRANSFORMAÇÃO ISOCÓRICA 05

2.4.VOLUME 05

2.5.PRESSAO 05

2.6.TEMPERATURA 05

3. LEIS FISICAS DOS GASES 06

3.1.LEI DE BOYLE MARIOTTE 07

3.2. LEI DE GAY-LUSSAC 08

3.3.LEI DE CHARLES 09

3.4.EQUAÇAO GERAL DOS GASES 09

3.5.CNTP 10

3.6.GAS IDEAL X GASREAL 10

4.TEORIA CINÉTICA DOS GASES 10

5.DENSIDADE DOS GASES 11

5.1.DENSIDADE ABSOLUTA 11

5.2.DENSIDADE RELATIVA 11

6.DIFUSAO E EFUSAO DE GASES 11

7.REFERÊNCIAS 13

INTRODUÇÃO

As noções de sólido, líquido e gás podem ser considerados conceitos primitivos. Assim, uma pedra é um sólido, a água que jorra de uma torneira é um líquido, o ar que escapa de um pneu é um gás. Más ofato de os gases apresentarem propriedades bem diferentes dos sólidos e dos líquidos chamou a atenção dos cientistas do século XVII, que passaram, então, a estudar esse estado físico da matéria.

Com respeito aos gases, é importante lembrar que:

Os gases sempre se expandem, tendendo a ocupar todo o volume do recipiente que os contém (grande expansibilidade);

Os gases são muito menos densosque os sólidos e líquidos isto é, em igualdade de massas os gases ocupam um volume muito maior;

Os gases sempre se misturam entre si (grande difusibilidade);

Os volumes dos gases variam muito com a pressão (grande compressibilidade) e com a temperatura (grande dilatabilidade).

AS TRANSFORMAÇÕES GASOSAS

Transformação Isotérmica: Supondo que um gás tenha sido submetido a umatransformação na qual a sua temperatura foi mantida constante. Dizemos que ele sofreu uma transformaçãoisotérmica. E considerando que a massa do gás também se manteve constante, concluímos que a pressão e o volume do gás foram às grandezas que variaram durante a transformação.

Transformação Isobárica: é quando o volume varia linearmente com a temperatura, e a pressão permanece constante.

TransformaçãoIsocórica: é quando numa transformação gasosa o volume permanece constante, e a temperatura e a pressão variam.

Volume: O volume dos gases é medido nas unidades usuais:

Mililitros (ml), centímetros cúbicos (cm3), litros (L), metros cúbicos (m3), etc.

Pressão: a pressão dos gases é, usualmente, medida em milímetros de Mercúrio (mmHg).

1mmHg=1Torr

1atm = 76cmHg = 760mmHg = 760Torr2.6. Temperatura: No Brasil, as temperaturas são medidas na chamada escala Celsius (°C). No estudo dos gases, porém, usa-se a escala absoluta ou escala Kelvin (K).

T= t+273

ESCALAS CELSIUS KELVIN



LEIS FÍSICAS DOS GASES

Os sumários das propriedades dos gases, particularmente a variação da pressão com o volume e a temperatura, são conhecidos como as “Leis dos Gases”. As primeirasmedidas confiáveis das propriedades dos gases foram feitas pelo cientista anglo-irlandês Robert Boyle, em 1662, ao estudar o efeito da pressão sobre o volume. Um século e meio depois, um passatempo novo, o uso de balões de ar quente, motivou dois cientistas franceses, Jacques Charles e Joseph-Louis Gay-Lussac, a descobrirem outras leis dos gases. Charles e Gay-Lussac descobriram como a temperatura deum gás afeta sua pressão, volume e densidade.

Lei de Boyle-Mariotte

Segundo a lei de Boyle-Mariotte quando uma massa constante de um certo gás, mantida a temperatura constante, é comprimida(“apertada”), nota-se o seguinte:

Dobrando a pressão, o volume se reduz a metade;

Triplicando a pressão, o volume se reduz a um terço; e assim por diante.

Essa constatação experimental é expressapela lei de Boyle-Mariotte, válida para as chamadas transformações isotérmicas.

Representação Matemática

P1. V1 = P2. V2

Representação Gráfica



Lei de Gay-Lussac

Quando uma massa constante de um certo gás, mantida a pressão constante, é aquecida, ela se dilata(isto é, seu volume aumenta) e nota-se o seguinte:

Dobrando a temperatura absoluta (em Kelvins), o volume dobra;...
tracking img