Estresse e qualidade de vida nas organizações

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3360 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ESTRESSE
O estresse tem se tornado uma das principais causas de afastamentos nas organizações do Brasil, logo as gestões dessas não vêem mais o mal-estar do colaborador como um problema exclusivo do colaborador, pois sabem que seu desempenho afeta diretamente os resultados corporativos, foi então que a competência dos colaboradores passa a ser reconhecida como um ativo importante daorganização.
Divididos entre as obrigações na organização e sua vida pessoal, muitos colaboradores ficam ressentidos por não ter tempo para a família, lazer e saúde. O que traz preocupação quando os sintomas do estresse começam a aparecer em seu corpo, decorrente das pressões e correrias que a vida lhe traz.
O estresse é reconhecido como um dos riscos mais sérios ao bem estar psicológicoe fisiológico dos indivíduos, causando transformações nos processos de produção e no estilo de vida. Os colaboradores ficam em um estado de contínua tensão, devido à rápida mudança que ocorre nas organizações de hoje, esta traz conseqüências negativas á sociedade como um todo.

1.1 Definindo o Estresse


O estresse é uma reação muito forte do organismo que enfrenta qualquer tipo deevento, seja ele bom ou mau e que altera a vida desse sujeito.
A partir desse conceito notou-se que uma boa parte das pessoas que reconhecem o estresse no momento que está sentindo, declararam uma semelhança na definição do estresse, como um desequilíbrio físico e mental. Podemos perceber que o estresse está ligado então a questões psicológicas.
Dependendo do organismo, o estresse podese manifestar de várias maneiras, como por exemplo:
• Falta de vontade de fazer algo;
• Ansiedade;
• Ataque Cardíaco;
Quando o estresse se manifesta, o sujeito não teve noção de quanta carga emocional estava recebendo todos os dias, o que acarretou um estado de confusões mentais, provocando um descontrole das funções normais de seu organismo. Em conseqüência osujeito perde o controle de suas reações psicológicas. (SERAFIM; CARVALHO, 2004).
Com a falta de tempo e a intensidade na rotina profissional, o colaborador fica mais exposto a constantes alterações emocionais, onde traz um grande número de pessoas deprimidas, angustiadas e que procuram a solução de seus problemas por meios de drogas, como álcool, o fumo, etc. Ou até mesmo, passam a ter umaintolerância diante dos fatos corriqueiros maior do que a de costume, causando confrontos desgastantes a saúde emocional, que por sua vez acaba estando afetada por passar por momentos que trazem um estresse constante. Isso o torna um colaborador instável e emotivo, a qual afeta sua capacidade de produtividade.
A produtividade está diretamente ligada ao lucro final, esta precisa sermonitorada de modo que sua qualidade não caia, para que o produto tenha força constante no mercado que a cada dia está mais competitivo. Este controle traz uma tensão entre os colaboradores, pois estes são diariamente cobrados de seus resultados, quando há um exagero nessas cobranças o nível de estresse no ambiente pode afetar a saúde dos colaboradores que estejam fragilizados.
O colaborador temque ser monitorado de forma que a tensão organizacional não desencadeie o estresse que já está em evidência na sua vida social.
Pode-se dizer então que o estresse é a perda de energia vital causada por fadiga ou forte pressão no trabalho. As atividades que exigem grande esforço físico ou psicológico, quando repetidas de forma exaustiva por muito tempo, causam o esgotamento levando aoestresse.
O estresse não é necessariamente uma função que descontrola. Alguns indivíduos trabalham bem sob uma pequena pressão e são mais produtivas em uma situação de cobranças de suas metas. Outras buscam mais produtividade ou um melhor trabalho. No nível dosado do estresse traz uma maior criatividade quando uma situação competitiva faz com que aconteçam novas idéias e soluções dos conflitos...
tracking img