Estrategias corporativas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1027 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Estratégias corporativas
Brasil foods
Foi em 2008 que a Sadia viveu sua pior crise financeira. Isso porque, a companhia investiu na compra de derivativos cambiais para proteger suas exportações da desvalorização do dólar. No entanto, a empresa não contava que o tradicional banco americano Lehman Brothers pedisse falência e desencadeasse uma crise financeira mundial. O dólar se valorizou, aSadia perdeu muito dinheiro e registrou prejuízo de 2,5 bilhões de reais no ano. A companhia estava quebrada e a união com outra empresa seria a solução para a Sadia não afundar, ainda mais. Eis que surge a Perdigão, na época principal concorrente da Sadia.

2009

Em maio de 2009, foi anunciado o acordo de Fusão entre a Sadia e Perdigão. Nascia então a Brasil Foods, um gigante do setoralimentício. O contrato foi assinado por Nildemar Secches, da Perdigão, e Luiz Fernando Furlan, da Sadia. O acordo criou uma empresa com cerca de 120.000 funcionários, mais de 40 fábricas e faturamento de líquido de 22 bilhões de reais em julho desse mesmo ano as companhias anunciaram oficialmente a troca de nome para Brasilfoods.
2010

Em meados de 2010, a Secretária de Acompanhamento Econômico (SEAE)recomenda ao Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) que a fusão entre Perdigão e Sadia seja aprovada com restrição.
Na época, a Brasil Foods afirmou ter convicção de que tinha argumentos técnicos para comprovar que a fusão era pró-concorrencial, reforçando a presença e a competitividade do setor.

O lucro da companhia no ano somou 804 milhões de reais, valor 125% maior na comparaçãocom o ano anterior. A receita líquida da companhia no período somou 22,7 bilhões de reais.


2011

O ano é decisivo para a Brasil Foods. No primeiro trimestre, a companhia apresentou resultados recordes, com receita líquida de 6 bilhões de reais e lucro de 816,4 milhões de reais, 527% maior na comparação com o mesmo período de 2010.

Mas as notícias não eram apenas positivas, em meados demaio, a procuradoria-geral do Cade emitiu um parecer que ameaçava barrar a fusão entre a Sadia e a Perdigão.
Aquisição

O documento recomenda restrições mais fortes ou a reprovação do negócio.
A companhia, no entanto, não se mostrou abalada e continuou suas operações normalmente. Tanto que dias depois, anunciou que estava conversando com a Leite Nilza sobre uma possível compra de seus ativos,avaliados no valor de 60 milhões de reais.

Na mesma época, foram anunciadas também as negociações para se criar uma joint venture na China com empresa Dah Chong Hong Limited. O objetivo seria processar e distribuir produtos da marca Sadia no mercado chinês. Como resultado, as fusões fortalecem a empresa e geram uma economia gigantesca em sinergias. No caso da Brasil foods é estimada umaeconomia de 1,8 milhões para a nova empresa.
BRF-Brasil em Números*

Receita líquida Mais de R$ 22 bilhões
Funcionários Mais de 116 mil
Acionistas Mais de 63 mil
Clientes Mais de 150 mil no Brasil e mais de 1.000 no mercado externo
Capacidade instalada Abate de aves: 1,7 bilhão de cabeças por ano. Suínos: 10 milhões de cabeças por ano.Bovinos: 400 mil cabeças.
Unidades deprocessamento Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais, Bahia e Pernambuco.
Unidades no exterior Holanda, Reino Unido, Romênia e Rússia.
Escritórios Alemanha, Argentina, Áustria, Chile, China, Cingapura, Emirados Árabes, Holanda, Hungria, Inglaterra, Itália, Japão, Portugal, Rússia, Turquia, Uruguai e Venezuela.

Apesar da associação,o consumidor brasileiro não deverá perceber nas gôndolas a união de Sadia e Perdigão. “Nossas marcas e produtos continuarão os mesmos. Não haverá mudanças nesse aspecto no Brasil”, diz Nildemar Secches, presidente do Conselho de Administração da Perdigão.
Fortalecimento
‘’O Mundo com mais sabor”. Com este slogan, a mais nova gigante brasileira pretende conquistar o globo. O fortalecimento das...
tracking img