Estatizar ou privatizar. um dilema.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1252 palavras )
  • Download(s) : 1
  • Publicado : 1 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Estatizar ou Privatizar. Um dilema.

Sempre uma discussão polêmica, há inúmeros grupos sociais discutindo ou debatendo este tema, sem que ninguém tenha a razão total de suas colocações. Por quê?
Simples, porque é uma discussão ou um debate interminável, tal qual o debate religioso ou esportivo. A idéia de estatizar (tornar controlável pelas mãos do Estado) ou de privatizar(controle pela área privada) depende mais do momento econômico e do tipo de governo que rege à esfera pública ou ao que ela assim pretende.
Muitos pensam que o Estado forte, com suas áreas e projetos sob o total controle governamental, é a garantia que os serviços públicos ainda serão melhores ofertados, bem como as regras do mercado serão reguladas de acordo com a legislação oficial, fiscalizadada maneira mais coerente, possível.
Outros tantos acham que entregar os serviços públicos à privatização, é o mesmo que modernizar a vida em sociedade, agilizando a oferta das demandas e serviços e eliminando a mão pesada e política dos governos. Isso, em suma, claro. Porém, o que chama a atenção das correntes que defendem essa idéia, é a noção de que os serviços essenciais devem sim seremcontrolados pelo Estado, o que torna um pouco frágil o argumento de que a agilidade depende apenas da vontade reguladora dos mercados.
Há nações que estatizaram os serviços oferecidos à população e se viram afundadas em crises econômicas gigantescas, assim como existem àquelas que privatizaram quase todos os seus serviços e vêem a população refém de cobranças e taxas de todos os tipos, bemcomo torna o próprio Estado vítima de cobranças impróprias, causadoras de dilemas e embates jurídicos de grandes proporções.
O ideal, como em tudo na vida, é um equilíbrio entre um modelo e outro. Vejamos os exemplos mais recentes. Nos Estados Unidos, o maior país capitalista do mundo, quem salvou os bancos privados? O Banco Central daquela nação, injetando bilhões de dólares e salvando asinstituições privadas da falência e a sociedade de uma situação de desemprego em massa. Isso ocorreu também na Europa, em especial na Grécia, onde vários Bancos Centrais sob o controle de Estado, ajudaram a salvar a economia daquele país.
O outro lado da moeda está escancarado em paises como Cuba e Venezuela, por exemplo, onde o Estado manda além de sua estrutura, e desfaz o funcional, ouseja, estanca a economia local, deixando sua população à margem da pobreza e demais mazelas sociais. Este é sim um ponto de vista simplista, mas realista.
E há o equilíbrio, isto é, onde os modelos andam na mesma direção e fazem o Estado funcionar. As redes públicas de saúde, educação e segurança funcionam de acordo com as respectivas regras sociais, e as transações comerciais privadas e deserviços não essenciais, produzem riqueza e sustentam a idéia de desenvolvimento.
Nos voltemos ao Brasil, onde há 27 Estados que são, em verdade, verdadeiros micro-países, com culturas e regras próprias, com empresas de todos os tipos e mercados, e com vastas redes de empresas estatais, coordenando e regulando o mercado. Neste caso, em especial, as mazelas são produzidas pelo modo degovernar do país, pelas trocas de favores entre os partidos políticos dominantes, ora de situação e por ventura na oposição. Temos excelentes escolas e universidades públicas, e privadas. Maravilhosos hospitais e laboratórios públicos, e privados. Milionários bancos e fundos de pensões públicos, e privados. E assim por diante. Mas as regras são ditadas pelo Estado. Em todas as esferas regulamentadoras. Eainda assim convivemos com as piores espécies de serviços públicos, e privados.
O certo é que um não vive sem o outro. Mas, o mais certo, é que, por mais livre que seja um mercado, mais rico, moderno e ágil, ele sempre precisará do Estado por perto, para lhe dar proteção e segurança, e para dizer o que pode ou não ser feito. Empresas foram criadas para lucrarem, mas também devem ter o...
tracking img