Envelhecimento doa olhos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1182 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Envelhecimento dos olhos é culpado por uma série de problemas de saúde
Há décadas, os cientistas têm procurado explicar por que certos problemas de saúde se manifestam com a idade, entre eles a perda de memória, uma maior lentidão no tempo de reação, a insônia e até a depressão. Eles têm investigado cuidadosamente suspeitos tais como o colesterol alto, a obesidade, as doenças do coração e osedentarismo.
Agora, uma série fascinante de pesquisas revelou que tais problemas podem ter uma causa pouco conhecida: o envelhecimento dos olhos.
O gradual amarelecimento do cristalino e o estreitamento da pupila que ocorrem com a idade atrapalham o ritmo circadiano do corpo, contribuindo para uma série de problemas de saúde, sugerem esses estudos. Conforme os olhos envelhecem, cada vez menos luzsolar penetra o cristalino de modo a alcançar células fundamentais presentes na retina, responsáveis por regular o ritmo circadiano do corpo, o seu relógio interno.
"Acreditamos que esse efeito é amplo e está apenas começando a ser reconhecido como um problema", disse Patricia Turner, oftalmologista de Leawood, Kansas, que com seu marido, o Dr. Martin Mainster, professor de oftalmologia daFaculdade de Medicina da Universidade do Kansas, tem escrito extensivamente sobre os efeitos do envelhecimento sobre a saúde dos olhos.
Os ritmos circadianos são os processos cíclicos hormonais e fisiológicos que reanimam o corpo pela manhã, de modo a habilitá-lo a enfrentar as demandas do dia e desacelerá-lo à noite, permitindo que o corpo descanse e se recomponha. Esse relógio interno depende da luzpara funcionar adequadamente, e as pesquisas descobriram que as pessoas cujos ritmos circadianos estão fora de sincronia, como as que trabalham por turnos, correm um risco maior de desenvolver uma série de doenças, incluindo a insônia, as doenças cardíacas e o câncer.
"A evolução desenvolveu esse belo mecanismo de cronometragem, mas o relógio não é exatamente perfeito e precisa ser incitado todosos dias", disse Dr. David Berson, cujo laboratório na Universidade Brown, em Providence, Rhode Island, estuda a comunicação entre os olhos e o cérebro.
As células fotorreceptoras presentes na retina absorvem a luz solar e transmitem mensagens para uma parte do cérebro conhecida como núcleo supraquiasmático, ou NSQ, que regula o relógio interno. O NSQ adequa o corpo ao ambiente, disparando aliberação do hormônio melatonina durante a noite e do cortisol no período da manhã.
Acredita-se que a melatonina tem muitas funções na promoção da saúde, e pesquisas demonstraram que pessoas com baixa secreção de melatonina, um marcador de NSQ disfuncional, demonstram uma maior incidência de muitas doenças, incluindo câncer, diabetes e doenças cardíacas.
O papel dos olhos na sincronização do ritmocircadiano ficou claro apenas em 2002. Sempre se acreditou que as hastes e os cones bem conhecidos, responsáveis por proporcionar uma visão consciente, eram apenas fotorreceptores do olho. Mas a equipe de Berson descobriu que as células presentes na retina interna, chamadas células ganglionares da retina, também tinham fotorreceptores, e que essas células se comunicavam de modo mais direto com océrebro.
Acontece que essas células fundamentais são especialmente sensíveis à parte azul do espectro da luz. Entre outras implicações, essa descoberta levantou dúvidas a respeito da nossa exposição a lâmpadas energeticamente eficientes de luz e aparelhos eletrônicos, que emitem luz azul em grande quantidade
Mas a luz azul também é a parte do espectro filtrado pelo envelhecimento do cristalino. Emum estudo publicado na Revista Britânica de Oftalmologia, Mainster e Turner estimam que por volta dos 45 anos de idade, os fotorreceptores de um adulto médio recebem apenas 50 por cento da luz necessária à plena estimulação do sistema circadiano. Por volta dos 55 anos, ela se reduz em até 37 por cento, e por volta dos 75 anos, para apenas 17 por cento.
"Tudo o que afeta a intensidade de luz ou...
tracking img