Engenharia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3255 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
João Monlevade 2011

Trabalho apresentado como requisito parcial da disciplina Introdução à Engenharia Civil, ministrada pelo docente José Mário Estrela, da Universidade do Estado de Minas Gerais, campus João Monlevade.

João Monlevade 2011

2 SUMÁRIO

|1 INTRODUÇÃO |3|
|2 HISTÓRIA DA ENGENHARIA CIVIL|4|
|3 IMPORTÂNCIA DA ENGENHARIA CIVIL PARA A SOCIEDADE |7|

|MERCADO DE TRABALHO |8 |
|4.1 Atuação e atividades |8 |
|4.2 Ênfases |9 |
|4.3 Competências e habilidades|1 |
|4.4 O engenheiro Civil e o mercado de trabalho |1 |
|5 RESUMO |13|
|6 CONSIDERAÇÕES FINAIS |14|
|6.1 Discente Adalton |14|
|6.2 Discente José Carlos |14|
|6.3 Discente Max|14|
|6.4 Discente Sérgio |14|


3 ATUAÇÃO DO ENGENHEIRO CIVIL NAS VÁRIAS ATIVIDADES OFERECIDAS PELO REFERÊNCIAS ................................ ................................ ................................ ................... 15

3 1 INTRODUÇÃO

A partir do momento que o homem sentiu a necessidade de firmar suaresidência, deixando a vida nômade, a Engenharia Civil foi uma ferramenta de suma importância para o desenvolvimento das civilizações. As particularidades de cada região e época moldaram o estilo arquitetônico dos povos, originando uma diversidade característica de cada um deles.

4 2 HISTÓRIA DA ENGENHARIA CIVIL

A Engenharia Civil percorreu um longo trajeto de seis mil anos, antes de se consolidarcomo a conhecemos hoje. Desde que o homem deixou as cavernas e começou a pensar numa moradia mais segura e confortável para a sua família, essa necessidade foi a força motriz que impulsionou a evolução da Engenharia Civil. Já os templos, os palácios e os canais, que foram marcas registradas na antiguidade, começaram a fazer parte da paisagem cerca de dois mil anos depois do aparecimento dasprimeiras habitações familiares.

Foi na Idade Média, quando o Império Bizantino sofria ataques frequentes de outros povos, que a Engenharia ganhou novo e decisivo impulso. Entre os séculos VI e XVIII, os conhecimentos da área foram aproveitados, sobretudo, para fins militares como a construção de fortalezas e muralhas ao redor das cidades. A atividade religiosa, principalmente na Idade Média, períodoem que a Igreja foi uma força paralela ao Império, impulsionou a construção de catedrais cada vez mais suntuosas.

Ao longo de sua História, a Engenharia Civil foi amealhando quase que somente pontos positivos. Vez por outra, até suas eventuais falhas se tornaram célebres como no caso da Torre de Pisa, construída na cidade de Pisa, na Itália, no século XII, em solo incapaz de sustentá-la.Atualmente, a inclinação da torre é de 2,40m e aumenta 1 m por ano. O topo da mesma está afastado na vertical 5 m. Olhando para cima a gente não só tem a impressão que de a torre está tombada como também um pouco torcida. Reza a lenda que Galileu Galilei (1564-1642) teria jogado suas célebres maçãs do alto da referida obra. Se não fossem os inúmeros recursos da mais moderna tecnologia ali empregados, játeria tombado.

Mas a torre italiana pode ser considerada um acidente de percurso, embora esteja longe de ser o único. Afinal, naquela época não havia escolas de Engenharia Civil e o conhecimento era limitado. Foi só no século XVIII que as escolas começaram a se formar, a partir da fundação da École de Ponts et Chaussées, em 1747, na França.

[pic]
Figura 1: Croqui da Torre de Pisa....
tracking img