Engenharia de pesca

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1361 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
As fontes de Omega 3, obtidas de
organismos marinhos para a alimentação.
UFRPE – Universidade Federal Rural de Pernambuco
Graduação em Engenharia de Pesca
Disciplina: Bioquímica
Professoras: Daniela Viana / Raquel Pedrosa
Alunos: Amanda Montenegro
Bartolomeu Lemos
Hélder Lima
Jasiel Lima
Kátia Rossetti

Ômega-3
São ácidos graxos da família de ácidos
gordurosos poliinsaturados(PUFA),
representada por um ácido essencial:o
ácido alfa-linolênico (C18:3, LNA, família
ômega-3).
"essenciais" não podem ser sintetizados
pelo corpo e devem ser consumidos sob
a forma de gorduras.

2

Ômega-3
Ele dá origem a outros ácidos essenciais de
cadeias mais longas, chamados de ácidos
graxos poliinsaturados de cadeia longa
(LCPUFA).
ÔMEGA-3
ALA 18:2 - Ácido alfa-linolênico
EPA20:5 - Ácido Eicosapentaenóico
DHA 22:6 - Ácido Docosahexaenóico LCPUFA
DPA 22:5 - Ácido Docosapentaenóico

Ômega-3
Os ácidos graxos das famílias n-6 e n-3
são obtidos por meio da dieta ou
produzidos pelo organismo a partir dos
ácidos linoléico e alfa-linolênico, pela ação
de enzimas alongase e dessaturase. As
alongases atuam adicionando dois átomos
de carbono à parte inicial dacadeia, e as
dessaturases agem oxidando dois
carbonos da cadeia, originando uma dupla
ligação com a configuração cis.

Ômega 3
Ômega 3 significa que o último
carbono de um ácido graxo é
chamado de ômega, onde e quando
a dupla ligação está no terceiro
carbono apartir da extremidade
oposta a carboxila.

Etapas que ocorrem digestão e
absorção
Inicia com a digestao de lipídeos com adecomposição de grandes goticulas em
menores (processo de emulsificação
mediado por sais biliares);
A digestão Graxos é realizada atravez da
enzima digestiva lipase pancreática;
A absorção de ac. Graxos livres de cadeia
longa(>12C) gerados após a hidrolise
pelas lipases são absorvidos pelos
enterócitos (no intestino).

Etapas que ocorrem digestão e
absorção
Os Ac. Linoéico e Linolênicoaumentam o
número de carbonos por meio das
enzimas alongases localizadas no retículo
endoplasmático das células, produzindo
ac. Graxos altamente poliinsaturados das
séries ω6 e ω3.
O mesmo sistema enzimático irá
transformar os ac. Linoléico e linolênico ,
respectivamente em ac. graxos
poliinsaturados, é necessário um
equilibrio entre a ingestão desses ac.
Graxos pela dieta.

Ômega-3Em humanos, os ácidos linoléico (ω6) e alfalinolênico (ω3) são necessários para manter
sob condições normais:
→ as membranas celulares
→ as funções cerebrais
→ transmissão de impulsos nervosos
Esses ácidos graxos também participam da:
→ transferência do oxigênio atmosférico
para o plasma sangüíneo
→ da síntese da hemoglobina
→ da divisão celular

Ômega 3
É essencial para ofuncionamento de dois
órgãos importantíssimos:
O cérebro – constituído de 20% de gordura,
então é importante o consumo para deixálo ativo. A carencia deste pode causar a
falta de memória
O coração – diminui o risco de ataques
cardíacos pois ele evita que as gorduras
ruins (hidrogenadas e as saturadas) se
fixem nos vasos sanguineos.
Caso haja excesso no organismo, pode
retardar a coagulaçãosanguínea
(necessário consumo de 10% calorico/dia)

Ômega-3
Auxilia:
LDL (diminuição dos níveis de triglicerídeos e colesterol ruim)
HDL (favorecer o aumento do colesterol bom)
Importante papel:
Alergias
Processos inflamatórios
Vaso dilatadores
Antitrombóticos
12

Ômega-3
Encontrados em organismos marinhos:
Salmão

Atum

Bacalhau

Albacora

Ômega-3
Na microalga unicelular háentre 15% e
70% de óleo, do qual até 40% são ômega3 e 6. Mas encontramos também em
macroalgas.

Dunaliella salina

Porcentagem de Ômega 3 em
peixes

(Cadeia Trófica)

16

Ômega-3
Por que os peixes de água fria são ricos em
ômega 3?
O salmão, a sardinha, a truta e o atum são os
campeões, isso porque nas correntezas gélidas
e profundas, esses peixes se alimentam de
algas que...
tracking img