Engenharia de Pesca

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (677 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de janeiro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
Staphylococus aureus
Staphylococus aureus é uma bactéria pequena com 0,5 a 1,0 micrômetro de diâmetro,
pertecente à família Micrococcaceae, esférica, imóvel, Gram-positiva, que tende a formargrupamentos semelhantes a cachos de uva, anaérobio facultativo, com maior crescimento sob
condições aeróbias, quando produzem catalase. As espécies que se destacam como patógenos
potenciais são S.aureus, S.intermedius, S. delphini, S. shleiferi subsp. Coagulans e várias espécies
de S. hyicus, sendo S. aureus a mais importante delas (Foster et al., 1997). As bactérias desse gênero
são mesófilas,apresentando temperatura de crescimento na faixa de 7,0 a 47,8 ºC, com o ótimo na
faixa de 30 a 37 ºC; e suas enterotoxinas são produzidas entre 10 e 46 ºC, com ótimo entre 40 e 45
ºC. Crescem emconcentrações de 10 a 20% de cloreto de sódio (NaCl) e em meios contendo
nitratos, o que torna os alimentos curados ótimos ótimos veículos para as mesmas. O pH onde a
maioria das cespas de S. aureusdesenvolve-se está na faixa entre 4,0 a 9,8 com o ótimo entre 6,0 e
7,0, embora o intervalo para a produção de enterotoxinas seja mais restrito 4,5 a 9,8 com ótimo
entre 6,0 e 7,0 (Leitão, 1988).
S.aureus causa intoxicação alimentar a gastrenterite a doença mais comum, provocada pela
ingestão de alimentos que apresentam sua toxina pré-formada e o agente causador do surto não é a
bactéria e,sim, sua toxina. As enterotoxinas estafilocócicas são caracterizadas com base nas suas
reações imunológicas, já foram identificadas as toxinas tipo A, B, C1, C2, C3, D, E, G e H (Soares
et al., 1997).As enterotoxinas são designadas por SE, acrescido do tipo da toxina (ex. SEA, SEC,
etc). S. aureus também pode causar uma série de infecções, que variam desde osteomielite, terçol,
impetigo, lesãopurulenta e localizada na pele, como espinha, furúnculo e abcesso, até infecção
generalizada e sistêmica. O período de incubação de uma intoxicação alimentar varia de 30 min a 8
horas, com média...
tracking img