Energia das ondas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (986 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Energia das ondas: Veja os projetos em implantação
Cercada de mares revoltos, a Grã-Bretanha está saindo na frente na busca de formas de extrair energia das ondas e das marés.
Um estudo recenteprevê que, até 2050, a energia das ondas poderá render até 190 gigawatts de eletricidade - isto é nada menos do que 3 vezes toda a energia elétrica produzida hoje no Reino Unido.
Recentemente aInglaterra criou o Wave Hub, a primeira infra-estrutura do mundo para aproveitar a energia das ondas e das marés.
Com esse incentivo, mais de 100 empresas estão desenvolvendo novos dispositivos para coletara energia dos mares.
Veja abaixo um levantamento das tecnologias mais promissoras que já estão em fase de implantação.

Ponto Absorvedor

[Imagem: Ocean Power Technologies]

Algumas vezes, osprojetos mais simples são os melhores. O Ponto Absorvedor é uma boia flutuante que sobe e desce com cada onda que passa, convertendo o movimento mecânico em eletricidade.
Conforme a bóia vai para cimae para baixo, o movimento é usado para bombear um fluido hidráulico em um cilindro fixo, que se encontra abaixo da superfície.
O fluido pressurizado faz girar um gerador dentro do dispositivo,gerando eletricidade, que é transferida para a praia através de linhas de transmissão submarinas.
A Ocean Power Technologies, de Pennington, está testando sua PowerBuoy - que mede 41 metros de altura e 11metros de diâmetro - na Escócia.
Espera-se que ela produza 150 kilowatts de potência contínua.

O Atenuador

[Imagem: Pelamis Wave Power]
Atenuadores são longos dispositivos flutuantesposicionados perpendicularmente ao sentido das ondas, coletando energia da ponta à cauda.
Conforme as ondas passam ao longo do comprimento da máquina, seções individuais movimentam-se para cima e para baixouma em relação à outra, criando um movimento mecânico que é convertido em eletricidade.
A Pelamis Wave Power, de Edimburgo, está atualmente testando a segunda geração do seu atenuador em escala...
tracking img