Economia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3487 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Centro Universitário Nove de Julho



Curso de Tecnologia em Marketing



Estrutura Econômica


São Paulo, 18 de Setembro de 2007




SUMÁRIO

1. Estruturas de mercado

1.1. Mercado
1.2. Concorrência

2. Tipos de estruturas clássicas básicas

2.1. Concorrência Perfeita
2.2. Monopólio

3. Outras estruturas clássicas

3.1. Concorrênciamonopolística ou imperfeita
3.2. Oligopólio
3.2.1. Cartel
3.2.1.1. Cartel Perfeito
3.2.1.2. Cartel Imperfeito
3.2.2. Truste
3.2.2.1. Trustes Verticais
3.2.2.2. Trustes Horizontais
3.2.3. Holding
3.2.3.1. Pura
3.2.3.2. Mista

4. Características das estruturas do mercado básico

5. Estrutura do mercado de fatores de produção
5.1. Monopsônio5.2. Oligoposônio
5.3. Monopólio Bilateral

























INTRODUÇÃO

Foi elaborado esse projeto através de pesquisa e conhecimento, tendo como objetivo esclarecer na margem de hoje o comercio, e as diferentes estruturas de mercado, que são caracterizadas por quatro modelos básicos: concorrência perfeita, monopólio, concorrência monopolística eoligopólio.
Nesse trabalho, estaremos explicando detalhadamente as estruturas, observando os exemplos e facilitando a compreensão do que são estruturas de mercado.
Estaremos vendo sobre Estruturas de mercado que se baseia mercado concorrência.
Tipos de estruturas vendo que estão ligadas a dois tipos concorrência perfeitas e monopólio.
Estruturas clássicas, concorrência monopolística ouimperfeita, Oligopólio, cartel, cartel perfeito, cartel Imperfeito, truste, trustes verticais, trustes horizontais, holding, pura, mista.
Características das estruturas do mercado básico.
Estrutura do mercado de fatores de produção, monopsônio, oligoposônio, Monopólio Bilateral.





1. ESTRUTURAS DE MERCADO

1.1. MERCADO: Lugar público onde se compram mercadorias postas à venda. Pontoonde se faz o principal comércio de certos artigos.
No vocabulário popular, é bem verdade, conhece-se mercado como sendo uma feira livre; um lugar específico, onde vendedores e compradores se encontram para trocarem seus produtos, na maioria das vezes, produtos de origens agrícolas. Isto seria aceitável por volta da idade média, tendo em conta as maneiras rudimentares de intercâmbio demercadorias e as poucas utilizações de moedas bancárias, como o caso dos cheques, e os cartões de crédito, muito utilizados atualmente. Naquela época, talvez não existissem tão exacerbadas, as concentrações e centralizações de poder nas mãos de poucos, dificultando as barganhas dentro de um processo de quem vende mais, ao oferecer seu produto a preços mais baixos. Este método é próprio da concorrência, queaos poucos só servirá para as tomadas de decisões dos grandes empresários egoístas; ao excluírem, ou expulsarem os competidores que estão incomodando no processo concorrêncial.
A economia antes do surgimento das transformações na década de 30, sobre a economia americana e mundial, era trabalhada na óptica da teoria dos preços relativos, em busca de uma solução eficiente dos recursos escassos dasociedade, conseguindo, entretanto, o famigerado equilíbrio geral. O sistema econômico era visto pelo lado de uma estrutura de mercado, onde prevalecia a livre competição; quer dizer, vendedores e compradores digladiavam-se, no afã de lucrar ao máximo possível, dentro de uma linha afável de se conseguir lucros extra-normais, ou econômicos.
Estruturas de mercado atuais são modelos que captamaspectos de como os mercados estão organizados. Cada estrutura de mercado destaca aspectos essenciais da interação da oferta e da demanda, baseando-se em características observadas em mercados existentes. Em todas as estruturas clássicas os agentes são maximizadores de lucro.

1.2. CONCORRÊNCIA: É a disputa entre produtores de um mesmo bem ou serviço com vistas a angariar a maior parcela do...
tracking img